Política

Nossa Política: A briga é pela democracia

Nossa Política: A briga é pela democracia

Nossa Política: A briga é pela democracia

A nossa briga é pela democracia. Pelo direito do povo de escolher em quem deseja votar. Direito da livre escolha. É a luta por um Brasil que começava a ser respeitado lá fora e a respeitar os pobres aqui dentro.

Durante mais de três anos utilizamos a cor verde por acreditarmos na esperança de um país melhor. Continuamos acreditando. Mas agora é preciso luta com mais força pelo Brasil que queremos. Um Brasil onde não exista censura, autoritarismo, meritocracia, desigualdade social, auxílio-moradia para quem tem casa, perseguição judicial com fins políticos, operação policial partidária.

O Brasil que queremos não é o da mídia corporativa que se esgueira por entre os palácios à procura de migalhas e favores especiais, para fazer uma cobertura tendenciosa, dizendo-se imparcial; o povo brasileiro não suporta a corrupção, mas também abomina a conspiração, a deflagrada perda de direitos, a manipulação midiática, o peso da justiça contra que não tem nada e o seu amparo para quem tem tudo.

A polarização política tem que ceder aos interesses do povo brasileiro, não para conter meia dúzia de alucinados que pensam ainda mandar nas capitanias hereditárias, mas para restabelecer o crescimento econômico, a harmonia entre os poderes, o funcionamento das instituições públicas, infectadas desde o golpe de 2016. A ruptura foi tão ampla que teremos uma pulverização de candidatos, como em 1989.

A nossa briga é pela democracia. Pelo direito do povo de escolher em quem deseja votar. Direito da livre escolha. O golpe, entretanto, é escandaloso. É autoritário. Manchou a democracia com a sua lama e rasgou a Constituição Federal sob os olhos dos ministros da Suprema Corte.

A luta se intensifica a cada dia. E a esquerda precisa estar mobilizada nas ruas e nas redes.

Desde janeiro, o site Nossa Política, adotou a descrição O Portal de Notícias da Esquerda. Não é apenas uma medida de SEO, para melhorar posicionamentos nos sites de busca. É para encampar uma luta que precisa ser de toda a esquerda, mas também dos brasileiros que prezam pelos nossos ideais. Dos brasileiros que querem se aposentar. Dos brasileiros que sofrem com a falta de emprego e uma reforma trabalhista que cria um exército de sub-trabalhadores.

O Portal de Notícias da Esquerda está desde 2014 ao lado de outros tantos portais e blogs (muito maiores e com um público mais estabelecido) que formam esta espetacular blogosfera. Com modéstia, nos somamos a eles desde 31 de dezembro de 2014. E enquanto perdurarem as injustiças sociais.

A mudança de marca é uma aguardada atualização da identidade do site. Continuamos nesta luta incansável contra o governo Temer, os desmandos do judiciário, a disparidade entre sujeitos sociais, a casa grande, a mídia descaradamente partidária. Quem estiver disposto a lutar conosco, siga as nossas redes e continue acessando O Portal de Notícias da Esquerda.

Deixe um Comentário!