Notícias

Gusttavo Lima é indiciado por crime ambiental

Gusttavo Lima é indiciado por crime ambiental

Gusttavo Lima é indiciado por crime ambiental

O cantor está fazendo a ampliação da represa que fica em sua fazenda no município de Bela Vista de Goiás, região metropolitana de Goiânia, sem ter licença para a obra. 

Saiu na Folha:


Gusttavo Lima e outras três pessoas estão sendo indiciados por crime ambiental nesta quarta (28). O cantor está fazendo a ampliação da represa que fica em sua fazenda no município de Bela Vista de Goiás, região metropolitana de Goiânia, sem ter licença para a obra.

O Delegado Luiziano de Carvalho, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) de Goiás, explicou o caso à TV Anhanguera, afiliada da Globo.

“Essa represa está ao lado de uma rodovia. Essa licença não é só uma formalidade, é fundamental para evitar danos maiores, danos, muitas vezes, irreversíveis”, disse Carvalho, em entrevista ao jornal local.

Em nota, a assessoria do cantor disse que ainda não foi feita uma perícia técnica e que, por isso, ainda não há nenhuma conclusão do inquérito. Eles também informaram que as obras realizadas até o momento “foram feitas de acordo com a legalidade, a parte de limpeza e pasto tinham licença.”

“Após estudos técnicos feitos pela equipe contratada pelo cantor, foi protocolado pedido de licença junto a Secretária do Meio Ambiente de Goiás. Não há nenhum tipo de obra referente a ampliação da represa em curso, e só será feita mediante a liberação da licença dos órgãos competentes”, afirmou a assessoria.

O delegado Luiziano de Carvalho disse que foi realizada uma perícia na propriedade do cantor em outubro de 2017 e que a licença fora requisitada pela fiscalização. Como as obras continuaram, uma nova fiscalização em 2018 levou ao indiciamento de Lima e dos responsáveis pela obra.

(…)


Deixe um Comentário!