Notícias

General interventor : “O Rio de Janeiro é um laboratório para o Brasil”

General interventor : “O Rio de Janeiro é um laboratório para o Brasil”General interventor : “O Rio de Janeiro é um laboratório para o Brasil”

General interventor : “O Rio de Janeiro é um laboratório para o Brasil”

Boa parte dos jornalistas presentes na primeira coletiva do general Braga saiu sem entender quais serão as ações concretas do Exército nas ruas; só sabem que “O Rio de Janeiro é um laboratório para o Brasil”.

O interventor Walter Souza Braga Netto também não detalhou o custo da operação, e disse que os recursos para a segurança pública são os mesmo previstos no decreto de intervenção federal. Segundo o general, não existe planejamento de ocupação permanente no estado e as ações das Forças Armadas vão continuar sendo pontuais. Ele afirmou que a primeira medida da intervenção será a criação de um gabinete que funcionará no CICC.

Com respostas duras, ele antecipou que a intervenção na segurança pública do Estado é uma “janela de oportunidades”. “Eu vejo essa intervenção como janela de oportunidades para a segurança pública do Rio de Janeiro”.

E afirmou que “o Rio de Janeiro é um laboratório para o Brasil”.

Boa parte da imprensa criticou a coletiva do general que durou menos de meia hora. O jornalista Vicente Nunes, do Correio Brasiliense, afirmou que “Na entrevista que concedeu hoje, o general esbanjou arrogância e sonegou informações. Diante da reação dos jornalistas indignados com postura dele, tratou de disparar: “Não é no grito que vocês terão as informações”.

Deixe um Comentário!