Opinião

Duvivier: Até quando vão continuar as putarias dos juízes?

Duvivier: Até quando vão continuar as putarias dos juízes?

Duvivier: Até quando vão continuar as putarias dos juízes?

Quem pergunta é o humorista Gregório Duvivier. Em sua coluna na Folha de S.Paulo, Duvivier questiona os privilégios da casta dos juízes brasileiros e a “compensação” por eles alegada para receber auxílios-moradia.

Nossa Política reproduz trechos do artigo de título ‘Ordem e Progresso’ desde que continuem nossas putarias, de Gregório Duvivier:


– Sérgio Côrtes, secretário preso de Sérgio Cabral, teclou, da cadeia, para um empresário-parceiro: “Podemos passar um tempo na cadeia, mas nossas putarias têm que continuar”. “Nossas-putarias” se destaca pela franqueza. Podia entrar na bandeira. Ordem e Progresso Desde que Continuem Nossas Putarias.

– Essa semana surgiu uma expressão preciosa. Revelou-se, só agora, que o juiz Sergio Moro recebe, há anos, o famoso auxílio-moradia, mesmo já tendo moradia e já tendo um salário que beira os R$ 30 mil, fora os benefícios (em dezembro passa de R$ 100 mil).

– Questionado, o juiz chamou o auxílio-moradia de “compensação” porque seu salário não pode ser reajustado por causa do teto constitucional.

-Moro, claro, não é o único. Os três juízes do TRF-4 também recebem auxílio-moradia embora também possuam moradia, além do salário vultoso.

– Como é que esse povo dorme à noite? Pensando: “Não é corrupção, é compensação”.

– Até quando essas putarias vão continuar?


Deixe um Comentário!