Brasil

Temer, Silvio Santos e a sua aposentadoria

Temer, Silvio Santos e a sua aposentadoria

Temer, Silvio Santos e a sua aposentadoria

Numa tentativa frustrada de mostrar ao povo brasileiro que a reforma da Previdência proposta pelo seu governo é boa para os mais pobres, Michel Temer foi ao Programa Silvio Santos.

Nas últimas semanas, Michel Temer já se reuniu com pastores, líderes de bancadas na Câmara e ministros para pressionar deputados pela aprovação da reforma da Previdência.

Ontem (28), porém, ele atacou em campo midiático: foi ao Programa Silvio Santos explicar que a reforma da Previdência proposta pelo seu governo não vai retirar direitos dos mais pobres.

Temer defendeu que a reforma não vai afetar os mais pobres, só quem ganha aposentadorias altas; ele disse que o apoio da sociedade à reforma iria sensibilizar o Congresso para aprová-la.

“Se a vontade popular compreender isso, os deputados vão lá e depositam seu voto favoravelmente, portanto, ajudam o país”, declarou.

Temer terminou o programa oferecendo R$ 50 ao apresentador, dizendo que faria com ele o que ele faz com as colegas de trabalho: “eu vou passar um dinheiro pra você”, disse, sorrindo.

Nas redes sociais, os internautas ligaram o fato às “tentativa de suborno”, relacionando os 50 reais à liberação de emendas para parlamentares em troca dos votos no Congresso que livraram Temer de ser investigado em duas denúncias apresentadas pela PGR.

Temer deu R$ 50 a Silvio Santos durante o programa para mascarar que por trás de toda aquela encenação, o governo despejou verbas de publicidade para o SBT anunciar a reforma e sensibilizar o público.

A sua aposentadoria está em jogo. Silvio Santos topa tudo por dinheiro e Temer não perde a chance de destruir os direitos do povo pobre. A indigência deste governo é um assombro.

Deixe um Comentário!