Escavadeira

Thompson Flores e a ditadura

Thompson Flores e a ditadura

Thompson Flores Lenz aperta a mão de Ernesto Geisel – Foto: FGV

Em 1968, Carlos Thompson Flores, avô do presidente do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), Carlos Thompson Flores Lenz, foi nomeado presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) pelo ditador Costa e Silva.

Antes do final de seu mandato como presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Carlos Thompson (avô) deixou o cargo por ter sido nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) por Artur da Costa e Silva (1967-1969), na vaga aberta com a aposentadoria do ministro José Eduardo do Prado Kelly.

Tomou posse no STF em março de 1969, tornando-se também membro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a partir de 1972, e seu presidente no ano seguinte. Em 1974 foi escolhido vice-presidente do STF para o biênio 1975-1976, e em agosto desse último ano deixou a presidência do TSE. Em dezembro presidia a segunda turma de ministros do STF, quando foi eleito presidente do tribunal, cargo em que tomou posse em fevereiro de 1977.

É neste ano, que Carlos Thompson saúda o general Ernesto Geisel pelo acréscimo de mais dois anos ao regime militar (o chamado Pacote de Abril). Quem discorre sobre o assunto é Marco Antonio Villa, no livro Ditadura à Brasileira – 1964-1985. Democracia golpeada à Esquerda e à Direita:

Enquanto Paulo Brossard protestava, assim como todo o PMDB, contra o Pacote de Abril (“o presidente suspende o Legislativo para reformar o Judiciário, convertendo em lei o projeto rejeitado pelo Congresso. Três são os poderes, mas um só decide, manda e obriga”), o presidente do STF, ministro Thompson Flores, era o autor do primeiro telegrama de congratulações recebido por Geisel depois da assinatura do fatídico pacote.

O neto não fica atrás. Antes de ler a sentença de condenação efetivada por Sérgio Moro contra o ex-presidente Lula, Carlos Thompson afirmou que ela era “irretocável e histórica”.

_________

FONTES: CURRIC. BIOG.; Estado de S. Paulo (21/1/81); Grande encic. portuguesa; INF. SUP. TRIB. FED.; Jornal do Brasil (19/8 e 10/12/76, 14 e 15/2 e 17/8/77, 31/3/78, 5 e 18/5/79 e 27/1/81); Perfil (1974); SUP. TRIB. FED. Supremo.

VILLA, Marco Antonio. Ditadura à brasileira – 1964-1985: A democracia golpeada à esquerda e à direita. São Paulo: Editora Leya, 2014.

Deixe um Comentário!