Política

Escândalo: Chefe de gabinete da presidência do TRF-4 é militante anti-Lula

Escândalo: Chefe de gabinete da presidência do TRF-4 é militante anti-Lula

Escândalo: Chefe de gabinete da presidência do TRF-4 é militante anti-Lula

Chefe de gabinete da presidência do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), Daniela Tagliari Kreling Lau organizou um abaixo assinado pedindo a prisão de Lula.

O ativismo político do Judiciário contra Lula atingiu o seu grau máximo. A chefe de gabinete da presidência do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), Daniela Tagliari Kreling Lau organizou um abaixo assinado pedindo a prisão de Lula.

O deputado gaúcho Pepe Vargas (PT) chamou a atenção para o fato em suas redes sociais:

DENÚNCIA GRAVE!

Não bastasse a declaração do presidente do TRF-4, que mesmo confessando não ter lido a sentença de Moro disse que a peça era “perfeita”, agora a sua chefe de gabinete faz campanha para pedir a condenação de Lula, publicamente e sem cerimônias. O golpe continua em todas as frentes. Resistir é preciso!

Chefe de gabinete da presidência do TRF-4 é militante anti-Lula

Presidenta do PT, a senadora Gleisi Hoffmann também chamou a atenção para o fato escabroso que expõe a parcialidade deste processo contra Lula:

O que Lula pode esperar do Poder Judiciário – TRF4 – Tribunal Regional Federal da 4ª Região, se a chefe de gabinete do presidente do Tribunal pede no seu Facebook a prisão dele através de um abaixo-assinado? Perseguição a Lula e ativismo político dentro do TRF4. É escandaloso!

O TRF-4 não se manifestou sobre o episódio. Em agosto, o presidente do tribunal, o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz antecipou – sem ter tido acesso ao processo – que a sentença de Moro que condenou Lula a 9 anos e 6 meses de prisão era irrepreensível.

Deixe um Comentário!