Política

Bolsonaro alimenta o boato de que Lula vai fugir

Bolsonaro alimenta o boato de que Lula vai fugir

Bolsonaro alimenta o boato de que Lula vai fugir

“Estaria Lula preparando uma saída estratégica temendo uma condenação via TRF-4?”, indagou Bolsonaro em seu vídeo. O deputado complementou sua teoria escrevendo que o petista poderia “pedir asilo” durante sua estadia na África.

Lula havia confirmado no fim do ano passado que embarcaria num voo para a cidade de Adis Abeba, capital da Etiópia, para participar de um debate sobre o combate à fome. A viagem está marcada para o dia 26, apenas dois dias após o julgamento do recurso do ex-presidente contra condenação na Lava Jato pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Primeiro a Folha de S.Paulo noticiou a informação de que “aliados de Lula” temiam que a proximidade das datas da viagem do ex-presidente à Etiópia e do julgamento no TRF-4 alimentariam rumores de que Lula estaria planejando uma fuga.

Hoje, o deputado e virtual concorrente de Lula nas eleições de 2018, Jair Bolsonaro, foi às redes sociais embarcado na matéria da Folha.

Em vídeo, o deputado destacou o fato de que dois assessores e um assistente de Lula tiveram afastamento autorizado nesta segunda-feira pela Secretaria-Geral da Presidência da República para “acompanhar o ex-presidente […] em viagem à cidade Adis Abeba, no período de 23 a 29 de janeiro”. Os servidores integram a cota pessoal de Lula como ex-presidente da República (cada um dos cinco ex-presidentes vivos têm direito a manter até seis assessores e motoristas remunerados pela Presidência).

“Estaria Lula preparando uma saída estratégica temendo uma condenação via TRF-4?”, indagou Bolsonaro em seu vídeo. O deputado complementou sua teoria escrevendo que o petista poderia “pedir asilo” durante sua estadia na África.

Oficialmente, a expedição de Lula pelo continente africano tem como mote a participação em um evento promovido pela FAO, órgão das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura. O diretor-geral da FAO é José Graziano, amigo e ex-ministro de Lula que coordenou a criação do programa Fome Zero no Brasil.

Além do petista, também estão previstas as participações no evento da FAO na Etiópia dos ex-presidentes da Nigéria, Olusegun Obasanjo, e de Gana, John Kufuor.

Com informações do iG.

3 Comentários

  • concordo com voce Gustavo Santos, coxinhas manipulados pelas mídias e se achando o ultimo biscoito do pacote, sendo ferrados e mal pagos delirando com os espetáculos FAKE News…. Óh dó, e ainda se dão ao “luxo” de ofender quem não compactua com eles….gente fina é outra coisa….

  • Estão loucos que Lula saia do Brasil, e os deixem livres pra concorrer ao pleito de Presidente?, saibam que Lula, nunca teve essa vontade, aliás, não queria mais ser presidente, mas como aprontaram pra Dilma e com um golpe, ele voltou pra resgatar novamente a democracia! Vão esperando ele fugir, bando de fascistas.

Deixe um Comentário!