Opinião

William Waack falou pelos reacionários que a Globo criou

William Waack falou pelos reacionários que a Globo criou

William Waack falou pelos reacionários que a Globo criou

Intérprete de um reacionarismo desenfreado, William Waack falou por uma gente que se considera dona das capitanias hereditárias.

Nossa Política reproduz excelente artigo de Fernando Brito (como todos que ele escreve) sobre a saída de William Waack do armário, este novo-velho Boris Casoy.

Do Tijolaço:


Globo afasta Waak por racismo. Todo Boris um dia solta a “franga”

No mundo do “tem sempre alguém gravando”, que a mídia idolatra, o feitiço vira contra o feiticeiro.

O apresentador irônico e impiedoso do Jornal da Globo, Willian Waack, foi pego numa gravação, supostamente em off, (veja ao final do post) xingando alguém que buzinava, na preparação de uma de suas entrevistas, como fazendo “coisa de preto”.

O suposto intelectual, de aparentes maneiras chiques, quando as luzes não estão acesas é um bárbaro preconceituoso e cruel, revelando não ter só os maus modos que quer julgar mas , mais que isso, revela-se sem humanidade.

A Globo o afastou de suas funções de apresentador. Diz que “a partir de amanhã, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos.”

Está, claro, desgraçado profissionalmente para o resto da vida.

Colheu o que plantou, se dispondo a ser intérprete do reacionarismo. Porque este papel o faz falar e pensar pelos que pensam, mas não falam.

Aos jornalistas patronais, antigamente, chamavam-nos de penas de aluguel.

Aos de hoje, pelas mudanças na mídia, poder-se-ia chamá-los de boca de aluguel.

Waack, depois de uma dúzia de anos como inquilino do pensamento dos Marinho, vai ganhar um pontapé. Vai ser jogado fora.

Infelizmente, porém, não será jogado fora o ódio e a discriminação com que, com palavras menos duras do que a gravação revelou, ele espalhou a milhões de brasileiros.

Ao fim das contas, tenho certa pena dele. Buzinou quando não devia, de uma forma em que não devia, toda a sua incivilidade, sua desumanidade.

No conceito que ele professa, e não eu, “fez coisa de preto”.

O que prova, talvez, que todos sejamos iguais.

Mas isso vai além de seu entendimento, como parte da elite de merda que este país formou.


3 Comentários

  • Cuidado com o que se escreve ou diz na internet, senão daqui a pouco vai todo mundo andar com gravador escondido só pra usurpar dinheiro dos outros em nome do politicamente correto, ainda bem que não conseguem ler os pensamentos, por enquanto, quero saber onde fica o setor de reclamações, por outro dia fui chamado de branquelo, nossa como é horrível isso, me senti humilhado, fui até pegar um solzinho para não parecer tão branco.

  • Fazer qualquer comentário a mais referentes aos jornalistas da Globo, é GASTAR VELA BOA COM DEFUNTO RUIM. Como dizemos aqui em Minas Gerais, SÃO PIORES ATÉ DO QUE fumo macaia !!

Deixe um Comentário!