Notícias

Dodge: Aloysio Nunes recebeu propina da Odebrecht

Dodge: Aloysio Nunes recebeu propina da Odebrecht

Dodge: Aloysio Nunes recebeu propina da Odebrecht – Foto: André Dusek/ AE

Para a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, é “fato incontroverso” que o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, recebeu propina da Odebrecht.

Da Agência Brasil:


Em documento encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou ser “fato incontroverso” que o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, recebeu R$ 500 mil da empreiteira Odebrecht para financiar a campanha dele ao Senado, em 2010.

Na petição, enviada no último dia 24, ao ministro do STF, Gilmar Mendes, relator do processo em que Nunes é investigado ao lado do senador José Serra (PSDB-SP), Raquel Dodge diz ser necessário ampliar as investigações para confirmar se o montante é fruto de corrupção.

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional faz audiência para ouvir o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, que apresenta as prioridades da política externa (Wilson Dias/Agência Brasil)

“O fato incontroverso que houve o repasse de recursos para a campanha do senador Aloysio Nunes. Resta investigar a origem destes recursos e a finalidade do repasse, o que será elucidado na oitiva do colaborador Arnaldo Cumplido, a quem incumbia analisar a viabilidade do pagamento da propina, a fim de se confirmar o crime de corrução”, diz a procuradora.

Desde março, Aloysio Nunes é investigado no STF pelos crimes de corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro, crime contra ordem tributária e fraude em licitação. Em delação premiada, executivos da Odebrecht afirmam que o pedido foi feito enquanto Nunes era secretário da Casa Civil do governo de José Serra, em São Paulo. Em troca, o atual ministro das Relações Exteriores teria se comprometido a ajudar a empresa na negociação de contratos de obras de infraestrutura no estado. (…)


Deixe um Comentário!