Política

RJ: 3 de outubro é dia de resistência e luta pela soberania

RJ: 3 de outubro é dia de resistência e luta pela soberaniaRJ: 3 de outubro é dia de resistência e luta pela soberania

RJ: 3 de outubro é dia de resistência e luta pela soberania

Na próxima terça-feira, 3 de outubro, trabalhadores e trabalhadoras estarão mobilizados contra a venda das estatais e também pelo aniversário da Petrobrás.

Nossa Política reproduz a programação do ato de resistência e luta pela soberania que acontecerá na cidade do Rio de Janeiro, no dia 3 de outubro.

Do site do Sindipetro-RJ:


AGENDA petroleira

27/9 – Plenária de entidades do RJ

29/9 – Plenária do setor industrial (SP)

30/9 – Mutirão da biblioteca do sindicato

1/10 – 2ª Rodada da Copa Sindipetro-RJ

3/10 – (DNL)

6h –  mobilizações e paralisações de advertência  

11h – Ato na Eletrobrás 11h

13h – Ato na Petrobrás

15h – Ato na Petros

17h – Ato show na Cinelândia

4/10 – Reunião de categorias e petroleiros

Nesta última semana de setembro, petroleiros, trabalhadores de estatais e servidores do estado preparam a grande mobilização do dia 3 de outubro, Dia Nacional de Luta (DNL) contra a venda das estatais e também aniversário da Petrobrás. A próxima terça-feira promete ser um dia de mobilizações, paralisações e atividades contra as reformas, a privatização das estatais e o desmonte da Petrobrás.

Os petroleiros e petroleiras já sabem que será um ano em que só a firme resistência unificada da categoria poderá manter os atuais direitos. E por isso a FNP continua a chamar a FUP à unidade e luta pela mesa única de negociações.
As assembleias que começam nesta terça vão discutir, além da proposta de acordo coletivo apresentado pela Petrobrás, a participação nas atividades do dia 3.

DNL – Além das atividades de paralisação que devem se iniciar a partir das 6 h da manhã, está previsto um ato em frente à Eletrobrás (Pres. Vargas, 409) às 11h seguido de caminhada até a Petrobrás para novo ato em frente ao Edise, às 13h. Às 15h, a manifestação será em frente à Petros. Um ato show denuncia o desmonte do Estado e celebra as atividades de mobilização na Cinelândia a partir das 17h.

Plenárias – Nesta quarta-feira, dia 27, nova plenária geral unificada das categorias organiza as atividades do dia 3 no Rio de Janeiro, em reunião no auditório do Sindipetro-RJ. A reunião da semana passada (bit.ly/plenariaRJ) elegeu a comissão organizadora, da qual participa a direção do Sindipetro-RJ.

Sexta, dia 29, a direção do Sindipetro-RJ participa da plenária nacional dos trabalhadores do setor industrial, que reúne diferentes centrais sindicais e também sindicatos não filiados a qualquer central. A proposta é organizar ações unitárias que reúnam diversas categorias e um dos pontos em pauta é a construção de nova greve geral.

Logo após as atividades do Dia Nacional de Luta, uma grande plenária no dia 4, marcada pela FNP (Federação Nacional dos Petroleiros) terá o objetivo de reunir os sindicatos de petroleiros e de outras categorias – como os funcionários dos Correios, já em greve – para decidir os próximos passos da luta contra as reformas que retiram direitos e o desmonte das estatais. É importante que os trabalhadores pressionem suas entidades representativas a participar desta reunião emergencial para a construção da unidade dos trabalhadores. Participe assinando e divulgando o abaixo assinado que será lançado nesta semana.


Deixe um Comentário!