Política

Janot denuncia Temer por obstrução de Justiça e organização criminosa

Janot denuncia Temer por obstrução de Justiça e organização criminosa

Janot denuncia Temer por obstrução de Justiça e organização criminosa

O Procurador-geral da República denunciou Michel Temer e mais sete pessoas por formação de quadrilha e obstrução de Justiça.

Deu no Estadão:


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal os integrantes do chamado “PMDB da Câmara” por organização criminosa. São acusados o presidente da República, Michel Temer; Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Loures, Eliseu Padilha e Moreira Franco.

Segundo a denúncia, eles praticaram ações ilícitas em troca de propina por meio da utilização de diversos órgãos públicos, como Petrobras, Furnas, Caixa Econômica, Ministério da Integração Nacional e Câmara dos Deputados. Michel Temer é acusado de ter atuado como líder da organização criminosa desde maio de 2016.

Também há imputação do crime de obstrução de justiça por causa dos pagamentos indevidos para evitar que Lúcio Funaro firmasse acordo de colaboração premiada. Neste sentido, Michel Temer é acusado de instigar Joesley Batista a pagar, por meio de Ricardo Saud, vantagens a Roberta Funaro, irmã de Lúcio Funaro. Os três são denunciados por embaraçar as investigações de infrações praticadas pela organização criminosa. Apesar da tentativa, Lúcio Funaro firmou acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República, que foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal, e as informações prestadas constam da denúncia.

(…)


1 Comentário

  • A gente precisa que a Justiça prevaleça e Lula possa endireitar o país. A Lavajato de Curitiba tem que acabar, já que emendar-se é mais difícil para quem optou por institucionalizar a delação em vez da investigação para seus alvos políticos. De combate à corrupção nada tem.

Deixe um Comentário!