Notícias

Brasil: O país dos sem-noção

Brasil: O país dos sem-noção

Brasil: O país dos sem-noção

Compilar frases de algumas autoridades e figuras políticas no Brasil é muito mais do que somar opiniões; é organizar as tolices da gente de um país sem-noção.

Do Facebook de Fernando Horta:


Por favor, me digam quem é o mais fora da realidade?

Carmem Lúcia dizendo que “as instituições estão funcionando”?

Temer dizendo que “estão forjando provas contra mim”?

Moro dizendo “o juízo é imparcial e se pauta somente pelas leis”?

Dallagnol dizendo que “as dez medidas são propostas pelo povo para diminuir a corrupção”.

Aldo Rebello dizendo “os militares são nacionalistas e se comprometem a defender o Brasil”?

Ciro Gomes dizendo “Lula faz um desserviço para o país concorrendo”?

Raquel Dodge dizendo que “é preciso gravar as conversas entre advogado de defesa e seu cliente como forma de diminuir a insegurança”?

Geddel dizendo que “está sob ameaça de ser estuprado e precisa ir para casa”?

Gilmar Mendes dizendo que “ele é imparcial para julgar seus padrinhos mesmo e ninguém pode aventar o contrário”?

Rodrigo Maia dizendo que “o congresso trabalha sem parar para melhorar a vida do cidadão” (quando votou as reformas)

Janot dizendo que “fui enganado por Muller e se ele recebeu dinheiro eu não sei de nada”.

Pezão dizendo que “o exército está no RJ para ajudar na segurança”.

Raul Jungmann dizendo que “o exército está pronto e treinado para este tipo de missão”.

Moniz Bandeira dizendo “é preciso uma intervenção militar nacionalista para colocar o Brasil no rumo”

Ainda tem a esquerda batendo palma para o golpe branco que estão armando contra o corrupto do Temer e acreditando que sai algo de positivo daí. E a direita achando que tem “apoio do povo”.

Colocaram o país nas mãos dos mais despreparados entre nós, este é o resultado.

Edit 1: Como mostrou o André Carone a PGR não disse a frase. O Jungmann imputou a ela. Mas ela disse que o brasileiro não aceitava corrupção, o que, convenhamos, se qualifica como devaneio.

Edit 2: Como lembrou a Sheila Grecco, faltou o ministro da saúde dizendo “o Brasil tem hospitais demais”. Isto é pouco mais que um relincho.


1 Comentário

Deixe um Comentário!