Brasil

A vaia monumental das mulheres ao ministro da Saúde

A vaia monumental das mulheres ao ministro da Saúde

A vaia monumental das mulheres ao ministro da Saúde

A plateia deu as costas para o ministro Ricardo Barros enquanto o vaiava e gritava palavras de ordem como “Fora Temer” e “Fora Golpistas”.

Do Blog do Esmael Morais:


O ministro da Saúde Ricardo Barros (PP) não conseguiu falar nesta quinta-feira (17) na 2ª Conferência Nacional de Saúde da Mulher, em Brasília, após defender o trabalho para mulher grávida em locais insalubres — um dos itens aprovados na reforma trabalhista de Michel Temer (PMDB). Ovos foram arremessados em direção do palco, mas, pelo jeito, faltou mira para as moças.

A plateia deu as costas para o engenheiro Ricardo Barros enquanto o vaiava e gritava palavras de ordem como “Fora Temer” e “Fora Golpistas”. Sem condições de discursar, o ministro da Saúde saiu pela porta dos fundos — desviando de ovos voadores.

Antes, porém, correligionários do ministro foram vistos comprando estoques de ovos nas redondezas do Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Entretanto, algumas previdentes mulheres levaram de casa alguns preciosos ovos.

A 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres, convocada pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), termina no domingo (20).

Em março deste ano, Barros já tinha sido vaiado no Encontro Nacional de Mulheres promovido pela União Geral dos Trabalhadores, em Foz do Iguaçu, ao defender o ainda projeto da reforma trabalhista.

Em outra conferência, a das Cidades, também Foz do Iguaçu, a 1600 km de Brasília, quem recebeu muita vaia na quarta (16) foi o governador do Paraná Beto Richa (PSDB).


Deixe um Comentário!