Política

Delação de Cunha atinge Temer, diz jornal

Delação de Cunha atinge Temer, diz jornal

Delação de Cunha atinge Temer, diz jornal – Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a delação de Eduardo Cunha tem mais de cem anexos e atinge diretamente Michel Temer.

Do Diário de Pernambuco:


O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) se prepara para a delação premiada que pretende fechar com a Lava-Jato e acumula textos com informações primordiais para o avanço da investigação. Procuradores da força-tarefa acompanham de perto a direção dos textos, que já chegam em 100 anexos. Conversando com os advogados do peemedebista, eles também indicam que os relatório apontam acusações para o atual Presidente da República Michel Temer.

A negociação tem sido bem-sucedida e a expectativa é de que o ex-deputado entregue os documentos delatando os crimes ainda na próxima semana.

De acordo com informações da colunista Mônica Bergamo (Folha de São Paulo), tudo indica que em suas delações, Cunha apresente nomes como o de Temer, os ministros Moreira Franco (Secretaria Geral) e Eliseu Padilha (Casa Civil) e o senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Cunha é um dos réus na Justiça Federal devido à suposta cobrança e recebimento de propina. Em 2016, ele também liderou o movimento que deu força ao impeachment de Dilma Rousseff. O ex-presidente da Câmara dos Deputados foi preso em Curitiba, condenado a 15 anos e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Junto às delações do doleiro Lúcio Funaro, os textos podem agrupar a segunda denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve entregar ao STF. A situação agrava ainda mais o governo Temer.


Deixe um Comentário!