Notícias

João Alberto Souza: Quem é o senador que livrou Aécio da cassação?

João Alberto Souza: Quem é o senador que livrou Aécio da cassação?

João Alberto Souza: Quem é o senador que livrou Aécio da cassação? – Foto: André Corrêa/Agência Senado

Aliado de José Sarney e de Renan Calheiros, João Alberto Souza foi reconduzido à presidência do Conselho de Ética pela tropa de choque do PMDB.

O senador João Alberto Souza (PMDB-MA) foi eleito pela 6ª vez consecutiva (o que equivale a 12 anos) presidente do Conselho de Ética do Senado Federal. Ele é ligado ao ex-senador José Sarney (PMDB-AP) e à cúpula do PMDB.

Aliado de José Sarney e de Renan Calheiros, João Alberto Souza foi reconduzido à presidência do Conselho de Ética pela tropa de choque do PMDB, com apoio especial de Romero Jucá (PMDB-RR).

À frente do Conselho de Ética, ele já salvou senadores mais de vinte vezes.

Em 2016, Souza atuou para arquivar processos contra o atual líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). O presidente do Conselho disse que “não havia provas suficientes” para abrir um processo, apenas “recortes de jornais”.

Em conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado, o peemedebista fala em um “pacto” para “estancar essa sangria” em referência às investigações da Operação Lava Jato.

Souza arquivou ainda processos contra os senadores Gleisi Hoffmann (PT-PR), José Medeiros (PSD-MT), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Fernando Collor de Mello (PTC-AL), Álvaro Dias (PSDB-SP) e João Capiberibe (PSB-AP). Além do ex-senador Delcídio Amaral (ex-PT-MS) e de outros processos em que Aécio foi alvo.

Neste mesmo período, Souza só aprovou a admissibilidade de outra representação contra Delcídio, que acabou resultando na sua cassação, e em uma representação contra Randolfe, que foi posteriormente arquivada pelo colegiado.

O presidente do Conselho tem um mandato de dois anos e cabe a ele avaliar a admissibilidade de representações e denúncias feitas contra senadores. Souza é conhecido por encomendar relatórios aos técnicos de acordo com os seus posicionamentos. A eleição para o cargo é feita em acordo entre os líderes partidários e o presidente da Casa.

Ele já ocupou o postos outras três vezes. Coube a ele arquivar processos em 2010 e 2011, na época do escândalo dos atos secretos, em que medidas administrativas tomadas pelo Senado não eram publicadas oficialmente.

João Alberto Souza é economista nascido em Bacabal (MA) em 1935. Ele foi deputado estadual pela Arena, PDS e PMDB. Foi eleito vice-governador do Maranhão, na chapa de Epitácio Cafeteira, em 1986. Em 1990, assumiu o governo do estado quando Cafeteira deixou o cargo para se candidatar ao Senado.

Em abril de 2009, Souza se tornou vice-governador de Roseana Sarney, que assumiu o cargo após a cassação de Jackson Lago, determinada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 Com informações do HuffPost Brasil.

13 Comentários

  • O que se espera de um governo golpista?
    uma grande quadrilha que tomou o poder com ajuda de uma mídia covarde que infelizmente ainda detêm grande influencia na população.
    São bandidos que se defendem entre si.
    ainda se mantem no governo porque a grande jogada, são as reformas que tentam enterrar goela abaixo da sociedade.
    e essas, os interesses são bem maiores.
    BANDO DE CANALHAS!!!

  • Não acredito que a vergonha e a ética são características da idade. O congresso atual tem vários canalhas jovens. Esse presidente do Conselho de Etica é uma piada pronta que não tem graça nenhuma! Pior é quem vota nele!

  • Um velho desse sem vergonha,e ele que não liberasse, pra vê o que aconteceria com ele.Nos temos que tirar todos estes velhos da política e do judiciário.
    Só os jovens do judiciários e alguns políticos que lutam para prender eses velhos ladrões descarados.Vamos tomar vergonha na cara e parar de puchar saco desas desgraças.

  • Cada povo tem o representante que merece, digo isso, porque enquanto não aprendermos votar sempre iremos eleger gente como essa que não está nem aí para o povo que paga o seu salário polpudo e suas mordomias para ele defender seus pares que são tão corruptos quanto ele. Esse é o classico cacique regional que mantém voto de cabresto sobre um povo mal informado e que eles sempre atuam para que continuem assim. Pelo que eu sei o Maranhão é uma draga desgraçada e esse senador que já foi eleito diversas vezes nunca foi capaz de mudar isso. A pobreza continua, o povo desinformado também e eles fazendo a festa em época de eleições comprando votos e distribuindo cestas básicas para serem reeleitos mais uma vez . Povo que não conhece a sua história está sempre condenado a continuar repetindo-a. Acorda Povo e vamos aprender a votar.

  • É profundamente lamentavel que um cidadão desse esteja num função dessa, apesar que esse povo do maranhão, não devia existir para o Brasil, pois quem vem de la e só corrupto e bandido, mais o interessante é que na hora todos são protegidos por esse resto de lixo, que Deus botou no mundo, portanto gente se o povo tivesse vergonha pegava cada vagabunde desse e dava uma cosa de laço, jã que justiça não tem.

    • De onde vc é meu caro, de Marte?
      Deve tomar mais cuidado com as palavras. Corrupção existe em todo o mundo e no Brasil a inflação da corrupção é geral.

Deixe um Comentário!