Notícias

STF: Delações da JBS são válidas e Fachin continua como relator

STF: Delações da JBS são válidas e Fachin continua como relator

STF: Delações da JBS são válidas e Fachin continua como relator

A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) votou por manter a validade das delações da JBS e o ministro Edson Fachin como relator do acordo de colaboração premiada.

A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) votou por manter a validade das delações da JBS e o ministro Edson Fachin como relator do acordo de colaboração premiada. Já foram seis votos neste sentido. Falta ainda o voto de outros cinco ministros. Os magistrados podem mudar os votos até o final do julgamento.

Na quarta-feira (21), primeiro dia de julgamento, Fachin e o ministro Alexandre de Moraes votaram no sentido de manter a relatoria e de chancelar as delações. Nesta quinta-feira (22), os ministros Luís Roberto Barroso, primeiro a votar, Rosa Weber, Luiz Fux e Dias Toffoli acompanharam este entendimento. Ainda falta o voto de outros cinco ministros.

O pedido para remover Fachin da relatoria havia sido proposto pela defesa do governador do Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja (PSDB) e pela defesa do ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), ambos citados na delação da J&F.

Deixe um Comentário!