Política

FHC: Doria e Luciano Hulk são o ‘novo’

FHC: Doria e Luciano Hulk são o ‘novo’

FHC: Doria e Luciano Hulk são o ‘novo’ – Foto: Nilton Fukuda/Estadão

Numa daquelas entrevistas onde faz prognósticos no escuro, FHC afirmou que João Doria e Luciano Hulk são o ‘novo’ na política brasileira.

A Folha, depois da vitória de Emmanuel Macron, traz uma entrevista de FHC onde ele exalta as possibilidades de candidatos com Doria e Luciano Hulk para as eleições de 2018.


(…)

A Lava Jato atingiu duramente nomes fortes do PSDB, e hoje a impressão é de que todos no partido olham para João Doria como uma espécie de tábua de salvação. Ele é uma incógnita?

É. Mas veja: o PSDB, ao contrário do que dizem, sempre teve muitos quadros. Sempre tivemos três, quatro possíveis candidatos. A questão é que o sistema político brasileiro não favorece a formação de líderes nacionais. Fora de campanhas, quem aparecia nacionalmente? O ex-presidente, o presidente e um ou outro candidato a presidente. Quando alguém chamava atenção? Só os mais bizarros conseguiam. Isso agora mudou, está mudando. O Doria está fora [desse esquema anterior], o Luciano Huck está fora. Eles são o novo porque não estão sendo propelidos pelas forças de sempre. Temos de ver como isso se desenrola. Eu hoje acho cedo perguntar quem vai ser candidato. Temos de ver como o processo anda, como a sociedade está absorvendo todo o impacto da Lava Jato.


Luciano Hulk é muito mais do que uma incógnita. E João Doria de novo não tem nada. Ou alguém já se esqueceu de sua passagem pela Embratur, nos tempos do Sarney?

Fora da política o Brasil corre o risco de criar um novo Berlusconi. Ou um Mauricio Macri.

De aventuras desventuradas basta a de São Paulo que escolheu um prefeito descontrolado para “administrar” a cidade sob os princípios de um marketing ineficaz.

Deixe um Comentário!