Notícias

Em Salvador, manifestantes ocupam vias contra reformas

Em Salvador, manifestantes ocupam vias contra reformas

Em Salvador, manifestantes ocupam vias contra reformas – Foto: Ailma Teixeira/ Bahia Notícias

A manifestação que começou na região do Shopping da Bahia deve se estender até o meio-dia, segundo informações dos organizadores.

Manifestantes ocuparam espaço na região do Shopping da Bahia (antigo Iguatemi) uma das áreas mais visitadas da cidade de Salvador, A reforma da Previdência é a principal pauta do protesto realizado desde a manhã desta quarta-feira (15).

Entretanto, outras questões estão em debate, como a reforma trabalhista, também outra proposição do governo de Michel Temer. “É a reforma da Previdência e a reforma trabalhista. A da Previdência aumenta o tempo para você se aposentar, 49 anos de contribuição, e a Trabalhista aumenta a jornada de trabalho. E isso não é bom para a classe trabalhadora, por isso hoje em alto e bom tom para dizer não a reforma e ‘Fora, Temer’”, afirma o presidente do Sindicato dos Comerciários, Joelson Dourado.

Diretor do Sindiquímica e integrante da direção local da CUT, Alfredo Santos Junior, aposta na eficácia de mobilizações como a que ocorre nesta quarta. “O Brasil tem um histórico de luta e quando o povo verdadeiramente se rebela começa a avançar nos seus direitos, começa a conquistar. Eu desafio qualquer parlamentar a defender publicamente o voto na reforma da Previdência. Eles votam escondido, na madrugada”.

Leia mais matérias sobre a

Segundo o dirigente, a CUT ainda está montando uma programação de atividades de protesto e já há uma audiência pública marcada para o próximo dia 30 na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Além das duas reformas, os manifestantes também citam, nos discursos, a ‘saúde sucateada na Bahia’ como um dos problemas enfrentados pela classe trabalhadora.

Em Salvador, manifestantes ocupam vias contra reformas 2

Foto: Ailma Teixeira/ Bahia Notícias

A manifestação que começou na região do Shopping da Bahia deve se estender até o meio-dia, segundo informações dos organizadores. À tarde, mobilizações serão direcionadas ao Campo Grande, região histórica para as grandes marchas populares na Bahia.

Com informações do Bahia Notícias.

Deixe um Comentário!