Política

‘Lista de Janot’ eleva a tensão em Brasília

‘Lista de Janot’ eleva a tensão em Brasília

‘Lista de Janot’ eleva a tensão em Brasília – Foto: Reprodução

Brasília jaz em tensão constante com a expectativa da divulgação da Lista de Janot, resultado das delações de 78 ex-executivos da Odebrecht.

Do Portal Terra:


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pode apresentar já nesta segunda-feira (13), ao Supremo Tribunal Federal (STF), cerca de 80 pedidos de abertura de inquérito para investigar parlamentares e ministros citados nas delações da Odebrecht.

A segunda edição da “lista de Janot” é baseada em cerca de 950 depoimentos de 78 ex-executivos e funcionários da empreiteira e elevou a tensão entre políticos em Brasília. A força-tarefa responsável pela avaliação dos casos da Operação Lava Jato fez na semana passada os últimos ajustes nos processos, que estão prontos para serem entregues à corte suprema.

A lista inclui ministros do governo de Michel Temer, senadores e deputados federais. Processos envolvendo governadores serão enviados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), e os envolvendo ex-governadores e outros políticos sem foro privilegiado serão remetidos a instâncias inferiores, inclusive ao juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato envolvendo a Petrobras, na Justiça Federal em Curitiba.

A Procuradoria Geral da República (PGR) pode solicitar a quebra de parte do sigilo das informações. A decisão final caberá ao relator da Lava Jato no STF, o ministro Edson Fachin. Depoimentos envolvendo crimes da Odebrecht no exterior não devem ser divulgados até junho devido a um acordo com investigadores de outros países.

Janot também deve requerer mandados de busca e apreensão e tomada de novos depoimentos, além de apresentar novas denúncias.

(…)


1 Comentário

  • Pelo Moro, toga narcisista, vai agradar as midias e as Elites Cleptocratas….blindando principalmente o PSDB….e vai selecionar seus rivais do PT

Deixe um Comentário!