Brasil

Protestou contra a corrupção, mas saqueia lojas no Espírito Santo

Protestou contra a corrupção, mas saqueia lojas no Espírito Santo

Marcela Ranocchia, que é filiada ao PSDB, foi flagrada saindo de uma loja invadida por saqueadores

A ex-candidata a vereadora Marcela Ranocchia, que é filiada ao PSDB, foi flagrada saindo de uma loja invadida por saqueadores em Cachoeiro do Itapemirim.

Saiu no iG:


Em meio à onda de violência e de crimes registrados no Espírito Santo desde a última sexta-feira (3), quando se deu o início da greve da Polícia Militar em todo estado, imagens de uma pessoa em específico cometendo um saque deu o que falar nas redes sociais.

As fotos mostram a ex-candidata a vereadora Marcela Ranocchia, que é filiada ao PSDB, saindo de uma loja que foi invadida pelos bandidos, em Cachoeiro de Itapemirim, o quinto município mais populoso do Espírito Santo .

Nas imagens, Marcela aparece com duas sacolas cheias de produtos nas mãos, enquanto sai da loja. A reportagem do iG tentou entrar em contato com a ex-candidata, mas não obteve sucesso.

Por meio de nota divulgada à imprensa, o presidente do PSDB de Cachoeiro de Itapemirim, Cícero José de Souza Moura, lamentou o ocorrido e anunciou que irá instaurar processo disciplinar no Conselho de Ética e Disciplina.

Protestou contra a corrupção, mas saqueia lojas no Espírito Santo

Reprodução/ TSE-ES

“O PSDB Cachoeiro vem a público dizer que tomou conhecimento, através das redes sociais, de que uma candidata ao pleito de vereadora no ano de 2016 pelo partido participou dos saques ocorridos em Cachoeiro de Itapemirim, no dia 06 de fevereiro de 2017”, escreveu.

“As medidas cabíveis para a verificação e punição pelo partido já estão sendo adotadas, inclusive com a instauração de processo disciplinar no Conselho de Ética e Disciplina”, diz a nota.

O PSDB garante ainda que, se comprovado o crime, Marcela será expulsa do partido.


2 Comentários

  • Com certeza o PSDBOSTA, vai dizer que após exaustivas investigações, a respeito do caso, ficou provado que a candidata à vereadora estava APENAS FAZENDO COMPRAS, quando saqueadores do PT, aproveitaram a ocasião para incrimina-la, sendo assim não há nada que justifique seu afastamento, de um partido que preza, pela MAIS ABSOLUTA PROBIDADE DE SEUS INTEGRANTES. Assinado MINEIRINHO presidente em exercício do mesmo.

  • Grande parte daquelas pessoas que foram para as ruas e que também bateram panelas contra a corrupção praticam diariamente as mais diversas formas de corrupção. Mas parece que essa aí foi mais longe!

Deixe um Comentário!