Notícias

Nelson Jobim critica a espetacularização da Lava Jato

Nelson Jobim critica a espetacularização da Lava Jato

Nelson Jobim critica a espetacularização da Lava Jato – Foto: André Dusek/ Estadão

O ex-ministro do STF, Nelson Jobim, criticou duramente a espetacularização da Lava Jato em certas condutas dos seus integrantes.

Saiu no Estadão:


O ex-ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Nelson Jobim afirmou, em entrevista ao Estado, haver “espetacularização” em certas condutas de integrantes da Operação Lava Jato, sem citar nomes. Entre as “arbitrariedades”, ele apontou a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em março de 2016 pela Polícia Federal, e a divulgação de áudios de conversas entre o petista e a presidente cassada Dilma Rousseff. “Você acha isso legítimo?”, questionou.

Segundo Jobim, “tudo isso faz parte daquilo que hoje nós chamaríamos de ação-espetáculo”. Para ele, que foi ministro da Defesa dos governos Lula e Dilma, “o Judiciário não é ambiente para se fazer biografia individual. Biografia se faz em política”.

(…)


Em tempo: Jobim também condenou a construção de biografias individuais no Judiciário. Para ele, biografia individual se faz é na política. Seria este um recado para procuradores, juízes e delegados que anseiam por holofotes feito mariposas na luzerna?

1 Comentário

  • Parabéns Jobim, a Lava Jato só está servindo ao desemprego, e serviu para saída do PT do governo Federal, só, até agora nenhum Tucano preso, inclusive joga a maior empresa brasileira na lama, deveria se investigar sim, mais não cometer abusos e destruição do Brasil provocando um golpe parlamentar, articulado pelas redes de TVs no Brasil.

Deixe um Comentário!