Notícias

Dallagnol, Lula era o chefe?

Dallagnol, Lula era o chefe?

Dallagnol, Lula era o chefe? – Foto: Reprodução/ MPF

Cada vez mais desacreditada, a tese de que Lula era o chefe do esquema de corrupção na Petrobras acabou de perder todo o sentido.

Hoje, em entrevista a Lauro Jardim, o empresário José Yunes afirmou ter recebido Lúcio Funaro em seu escritório, a pedido de Padilha. No encontro, Funaro lhe contou que estava financiando 140 deputados para garantir a eleição de Eduardo Cunha à presidência da Câmara dos Deputados.

De acordo com Yunes, Funaro afirmou que estava em curso uma estratégia para eleger uma bancada fiel a Cunha, para conduzi-lo à presidência da Câmara. “Ele me disse: ‘A gente está fazendo uma bancada de 140 deputados, para o Eduardo ser presidente’. Perguntei: ‘Que Eduardo?’. Ele respondeu: ‘Eduardo Cunha‘”.

Ao ser citado em delação, Yunes saiu do governo e resolveu procurar o ministério Público para dar a sua versão dos fatos. Os episódios narrados por ele aconteceram em 2014, durante as eleições.

O dinheiro saiu do departamento de propinas da empreiteira e ajudou a bancar a eleição de Cunha para a Câmara. Uma vez eleito presidente, Cunha passou a sabotar o governo da presidente eleita Dilma Rousseff e aceitou um pedido de impeachment sem crime de responsabilidade, abrindo espaço para que Temer chegasse ao poder.

Em 14 de setembro de 2016, porém, o procurador Deltan Dallagnol afirmou em Curitiba, com base em esquemas de uma apresentação de PowerPoint, que Lula era o chefe do esquema na Petrobras. Para Dallagnol, ‘Lula era o comandante máximo do esquema de corrupção’.

Ele também se referiu ao ex-presidente como “maestro da orquestra concatenada para saquear os cofres da Petrobras e outros órgãos públicos” e “grande general do esquema de corrupção” descoberto durante as investigações.

Ou seja, Lula era o chefe do esquema e liberou propinas da Odebrecht para Eduardo Cunha comprar 140 deputados e depois derrubar Dilma, a sua afilhada política. Lula era o mentor e comandante do “petrolão” e autorizou liberação de propina de R$ 23 milhões para José Serra, um dos seus mais ferrenhos adversários. O mesmo se aplica a Aécio e Alckmin.

Fica o questionamento. Quem deve responder é Dallagnol, o autor daquela esdrúxula apresentação em ppt.

5 Comentários

  • A teoria do comando, usada pela justiça dos estados unidos para punir o general japonês, acabou por gerar a nulidade do processo nas terras do norte. Nas terras abaixo do equador, onde ficaram os piores migrantes europeus, segundo o próprio procurador, vai ser usada no intuito de prender o nosso Lula – se a gente deixar.

  • cesar, eu ia dizer que o dallagnol, tem CARA DE PASPALHO, JEITO DE PASPALHO, e pensa COMO UM PASPALHO, em suma não passa de UM PASPALHO, e por cima MENTIROSO, permita-me incluí-lo na mesma CATEGORIA. Que para pedir intervenção militar, só sendo um PASPALHO.

  • Po isso que eu digo a midia Globo divulga qualquer coisa o povo acha que é verdade não analisa os fatos olha só o PMDB está a mais de 50 no governo está roubando virou a quadrilha mais organizada do Brasil roubou junto com o pt nesses 13 anos e tudo é culpa do Pt intervenção militar já

  • O grande problema é que esse crápula é apenas uma “pequena peça defeituosa” de uma grande engrenagem montada para derrubar o governo dos trabalhadores, que sem sombra de duvidas melhorou a vida de milhares de brasileiros.

  • ESTA TAL DE DALAGNOL , OCUPANDO UMA POSIÇÃO DESTAS CHEGAR AO PONTO DE TANTAS MENTIRAS E IRRESPONSABILIDADES…O PIOR É QUE ESTES CALHORDAS NUNCA RESPONDEM PELOS ERROS E PELAS FALCATRUAS QUE COMETEM´´´´´´E NO MÍNIMO INADMISSÍVEL…..muita vergonha e indignação….

Deixe um Comentário!