Blog do Mailson Ramos

Cunha, Geddel, Temer: é tudo farinha do mesmo saco

Cunha, Geddel, Temer: é tudo farinha do mesmo saco

Cunha, Geddel, Temer: é tudo farinha do mesmo saco – Foto: NP

Depois de muito tempo, a Polícia Federal descobriu que a parceria Cunha/Geddel fez estragos na Caixa Econômica Federal. E tome blindagem em Temer.

Ronaldo Caiado, este colossal senador da República que quer abrir CPI contra enredo de escola de samba, afirmou antes do impeachment de Dilma que o Brasil estava se livrando do PT para promover uma assepsia na República, um efetivo combate à corrupção.

Desde que Dilma saiu de Brasília (que bons ares ela deve estar respirando agora) a palavra de ordem no centro do poder continua sendo a corrupção. Ontem (13), a Polícia Federal deu ao conhecimento público um relatório que desvenda a parceria entre Eduardo Cunha e Geddel Vieira Lima para saquear a Caixa Econômica Federal.

Não se espantem: há alguns meses Cunha era presidente da Câmara dos Deputados, conduzindo um processo de impeachment e Geddel ministro da secretaria de Governo de Michel Temer. Mas a PF só descobriu agora quem são estas duas figuras. Só não viu ainda que o elo entre as duas é Michel Temer.

É tudo farinha do mesmo saco!

Diria Romero Jucá, este outro ícone do Senado Federal, que Michel é Cunha e Cunha é Michel; Geddel era homem de confiança do governo golpista e nem é preciso dizer quantas vezes ele se posicionou a favor do golpe mesmo depois da vitória de Dilma, em 2014. Como Cunha, Geddel e Temer se misturam nesta sujeira toda não há farinheiro que os consiga separar.

É impressionante ver como boa parte dos apoiadores do golpe se comporta como beatos salvadores da pátria. No ritmo desta toada, não vai sobrar um para contar a história. A economia continua estagnada, os combustíveis tiveram a maior alta em 15 anos e os esquemas de corrupção caem como folhas secas no outono.

Bastava a Dilma sair e…

4 Comentários

Deixe um Comentário!