Notícias

‘Branco no Brasil’: Adnet expõe as feridas do racismo

‘Branco do Brasil’: Adnet expõe as feridas do racismo

‘Branco no Brasil’: Adnet expõe as feridas do racismo – Foto: Reprodução/ TV Globo

O ator e humorista Marcelo Adnet, levantou uma discussão premente no programa ‘Tá no Ar – A TV na TV’: o racismo no Brasil.

Em sátira a um comercial do Banco do Brasil, a esquete do programa da Globo “Tá no Ar – A TV na TV”, comandado por Marcelo Adnet, levanta o debate sobre o racismo na internet e os privilégios dos brancos no País até os tempos atuais; “Eu tive acesso às melhores escolas e universidades públicas do Brasil. Eu sempre tenho os melhores médicos e planos de saúde”, diz o texto; slogan é ácido: “Branco no Brasil, há mais de 500 anos levando vantagem”.

Não nos esqueçamos das figuras impolutas da mídia brasileira como Alexandre Garcia e Ali Kamel, ambos do jornalismo da TV Globo que são categóricos em dizer que não existe racismo no Brasil.

Na última terça-feira (17) a cantora Ludmilla foi chamada de “macaca” por um apresentador de TV (Veja aqui). Adnet consegue mexer numa ferida que machuca o Brasil, antes por ele não ter feito nada pelos negros, hoje porque somos conservadores e os negros não precisam de “esmolas”.

Assista ao vídeo:

Deixe um Comentário!