Notícias

Juiz bloqueia R$ 38,2 milhões de Eliseu Padilha e sócios

Juiz bloqueia R$ 38,2 milhões de Eliseu Padilha e sócios

Juiz bloqueia R$ 38,2 milhões de Eliseu Padilha e sócios – Foto: José Cruz/ABr

Juiz de Mato Grosso mandou bloquear R$ 38,2 milhões do ministro-chefe da Casa Civil e de sócios por criarem gado em fazenda localizada em parque florestal.

Saiu no G1:


Juiz de MT manda bloquear R$ 38,2 milhões de ministro e de sócios

A Justiça de Mato Grosso determinou o bloqueio de R$ 38,2 milhões em bens do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e de mais quatro sócios dele em uma fazenda localizada em Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá, por degradação ambiental na propriedade rural, localizada no Parque Estadual Serra Ricardo Franco. A assessoria de Padilha informou que, a princípio, ele não irá se posicionar sobre o assunto. Cabe recurso da decisão.

A decisão do juiz Leonardo de Araújo Costa Timiati, da Vara Única daquele município, foi dada no dia 30 de novembro. Conforme o magistrado, o montante bloqueado deve servir para a recuperação da área degradada.

Foi constatado o desmatamento irregular de 735 hectares na área rural, sem autorização ou licença expedida pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), além do uso de ocupação do solo em desacordo com o Sistema Nacional de Unidade de Conservação (Snuc). Por causa da devastação, foi lavrado pela Sema um auto de infração, segundo a decisão.

Na decisão consta que, conforme o Cadastro Ambiental Rural (CAR), Padilha e os outros são proprietários da Fazenda Cachoeira.

“O desflorestamento em questão foi praticado de forma totalmente ilegal, na medida em que a área encontra-se nos limites da Unidade de Conservação Parque Estadual Serra de Ricardo Franco, local em que se admite apenas o uso indireto dos recursos naturais”, diz trecho da decisão em caráter liminar.

(…)


3 Comentários

Deixe um Comentário!