Notícias

Dilma dá um ‘cala a boca’ em Gilmar Mendes

Dilma dá um ‘cala a boca’ em Gilmar Mendes

Dilma dá um ‘cala a boca’ em Gilmar Mendes – Foto: Marcelo Camargo/ ABr

Dilma Rousseff divulgou nota à imprensa em que rechaça as declarações do ministro do STF e presidente do TSE, Gilmar Mendes.

Saiu no site da Dilma:


Sobre as declarações de Gilmar Mendes

NOTA À IMPRENSA

A respeito das declarações do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, em Washington, nos Estados Unidos, de que a campanha de reeleição teria custado quatro vezes mais do que o valor efetivamente declarado, superando a marca de R$ 1,3 bilhão, a ex-presidenta Dilma Rousseff esclarece:

  1. “A campanha da reeleição em 2014 teve custo de R$ 330 milhões. A prestação de contas foi aprovada por unanimidade do TSE, com parecer favorável do Ministério Público.
  2. As cifras citadas pelo ministro Gilmar Mendes não têm o menor amparo nos fatos. Aliás, é espantoso que um ministro da mais alta corte eleitoral do País trate de questões processuais relativas à campanha presidencial fora dos autos. Mais ainda que seja em um evento no exterior. É uma conduta inadequada a um magistrado.
  3. Como presidente da Corte, o ministro Gilmar Mendes deve abster-se de fazer prejulgamentos e de externá-los, como determina a lei.
  4. A Constituição Federal é clara ao impedir manifestações políticas e partidárias expressas por magistrados que violem a imparcialidade no processo legal.
  5. Vivemos tempos sombrios que turvam o Estado Democrático de Direito no Brasil”.

9 Comentários

  • Gente, pra ser burro, alienado e imbecil, eu diria que é preciso entrar na fila desses predicados, trocentas vezez, mas esse tal de Frank e essa tal de Gilmara se superaram, entraram foi milhões de vezes. Benza Deus tanta ignorância.

  • SRA ou Srta, Gilmara Targa Neves, a questão não é se a Sra Dilma deveria se calar ou falar sobre as declarações do Juiz Gilmar Mendes, seu manifesto é baseado em resoluções jurídicas relativas à posturas e comportamento de um Juiz.

  • frank, junte-se a Gilmara targa neves, OLHA O NOME DA PRAGA, deve fazer parte, dos MIDIÓTAS QUE SE INFORMAM PELA GLOBOSTA, única coisa que se aproveita e o NEVES, serve PARA LIMPAR O RABO, e procurem um PSIQUIATRA, urgentemente, se ele não conseguir dar um jeito, aí cagou de vez. Só o MANICÔMIO DARÁ. GILMARA GOLPISTA, a Presidente, está muito preocupada, COM O QUE VOÇÊ CAGOU PELA BOCA. Vai estudar CHULÉZUDA.

  • Primeiro: que essa porta não seria capaz de escrever com tanta desenvoltura. Ela nem sabe o significado da palavra “turva”, quanto mais escrever um texto desses! Segundo: ela não tem cacife para dar cala boca em ninguém, já a calamos com o impeachment!! Terceiro: é sabido que 330 milhões foram “declarados” para a campanha de 2014, qualquer um sabe, não precisa ser ministro, que o caixa dois e as propinas pagaram o não declarado ao TSE, os 1,3bi! Quarto: perdeu a oportunidade de ficar calada! Não aprendeu nada mesmo!!

  • Para vocês que são 10° mundistas: esquerda, centro e direita não existe no Brasil. Perca tempo não. Somos “americalatrinos” , de décimo mundo. porcos, atrasados, despolitizados, ignorantes, fodidos, petralhas, populistas, sindicalistas, pelegos, e, muito mais. Esqueçam os partidos políticos(todos eles e você que vota em um deles). São pilantras, ante-patrióticos, como todas a religiões que vocês professam. Chega uma hora que a borrice há de estancar-se. CHEGA. TENHA JUÍZO e MANDE A CAMBADA GERAL PARA A “P.Q.P”. Morou-te ?

  • É Presidente, o BUFÃO do TSE, como todo CANALHA, nunca vai estar do lado da VERDADE, tudo o que ele DEFECA PELA BOCA, tem amparo ilegal, se a Sra. fosse GOLPISTA, ele estaria do seu lado. Mas a verdade sempre prevalece. logo esse TUCANO DE TOGA, irá para o esgoto da história.

  • hoje quem comanda as articulações das corrupções são o PSDB e o PMDB…o poder a qualquer custo, abençoados por uma SU+RU+BA entre o Moro, Gilmar Mendes, e a Mídia golpista…as Elites Cleptocratas forçando a barra par que o PSDB volte ao ninho….e os midiotas obedecem

Deixe um Comentário!