Notícias

Confirmado: Delatores da Lava Jato colaboram com os EUA

Confirmado: Delatores da Lava Jato colaboram com os EUA

Confirmado: Delatores da Lava Jato colaboram com os EUA – Foto: Lula Marques/ AGPT

Um dos delatores da Lava Jato confirmou que fez acordo de delação para autoridades americanas; outro disse que foi procurado.

O delator Augusto Mendonça admitiu em juízo que colaborou com informações em investigações nos Estados Unidos; já o delator Eduardo Leite disse que foi procurado pelo Ministério Público para colaborar com os americanos.

O ex-executivo da empresa Toyo Setal, Augusto Mendonça Neto, admitiu que fechou acordo de colaboração com as autoridades americanas e que viajou “três ou quatro vezes” ao país para cumprir este acordo.

O juiz Sérgio Moro, por diversas vezes, tentou impedir que o delator falasse sobre o assunto por entender que “reflexos jurídicos” poderia prejudicar a testemunha. Entretanto, o advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin, insistiu: “O senhor pode dizer quando o senhor começou a fazer a colaboração nos Estados Unidos?”

O juiz Sérgio Moro então indeferiu o questionamento.

Zanin insistiu questionando se a testemunha havia feito viagem ao exterior e se o seu passaporte não estava detido. Augusto Mendonça respondeu que já havia viajado várias vezes e que o passaporte não estava detido.

Já o executivo da Camargo Corrêa, Eduardo Leite, afirmou que o seu advogado foi procurado para que ele firmasse acordo de delação nos Estados Unidos.

Assista abaixo aos depoimentos dos dois delatores como comprovação de que a Lava Jato tem um pé em Washington:

2 Comentários

Deixe um Comentário!