Economia Notícias

Comércio despenca em setembro

Comércio despenca em setembro

Comércio despenca em setembro – Foto: Reprodução

Em setembro, as vendas do comércio tiveram a maior queda para período desde 2002; a retração chegou a 1,2%.

Do G1:


Vendas do comércio têm a maior queda para setembro desde 2002

As vendas do comércio varejista brasileiro registraram a terceira queda seguida em setembro. Em relação ao mês anterior, o recuo foi de 1%, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (10). A retração é a maior para o mês de setembro desde 2002, quando chegou a 1,2%.

Na comparação com setembro do ano passado, as vendas sofreram tombo de 5,9%. Com isso, no ano, o varejo acumula queda de 6,5% no ano e, em 12 meses, de de 6,6%.

“As perdas foram generalizadas e isso é um sinal de alerta. Depois de três meses consecutivos de quedas, o que concluímos é que o varejo se enfraqueceu por conta do ambiente econômico”, disse a economista do IBGE Isabella Nunes.

De agosto para setembro, a queda do varejo foi puxada pela diminuição das vendas dos segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-1,4%) e de móveis e eletrodomésticos (-2,1%).


Deixe um Comentário!