Notícias

Clima de guerra em frente ao Congresso contra PEC 55

Clima de guerra em frente ao Congresso Nacional

Clima de guerra em frente ao Congresso Nacional – Foto: Mídia Ninja

Manifestantes foram rechaçados violentamente pela tropa de choque da polícia; acontece neste momento uma manifestação contra a PEC 55.

Manifestantes foram rechaçados violentamente em frente ao Congresso Nacional; eles protestam contra a PEC 55 que será votada ainda hoje no Senado.

Segundo informações do Mídia Ninja, manifestantes foram alvejados com tiros de borracha a queima roupa. Manifestantes fazem barricada para impedir avanço da polícia que já atacou violentamente o ato que pedia mais saúde e educação.

Senadores da oposição (PT e PCdoB) pediram ao presidente Renan Calheiros para que se permitisse a entrada de manifestantes nas galerias. Entretanto, o pedido foi negado.

Senadores governistas chegaram a chamar os manifestantes de arruaceiros e que se sentiriam ameaçados caso Renan permitisse a entrada de populares nas galerias do Senado. De maneira açodada, os senadores que fazem parte do bloco governista querem a votação urgente da emenda à Constituição.

A PEC 55 visa congelar os investimentos por longos 20 anos, incluindo-se gastos com educação e saúde.

Em plenário, a senadora Fátima Bezerra, em defesa dos manifestantes, iniciou o discurso citando Bertold Brecht que disse: “Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas às margens que o comprimem”.

1 Comentário

Deixe um Comentário!