Notícias

Caixa Econômica Federal demitirá 11 mil

Caixa Econômica Federal demitirá 11 mil

Caixa Econômica Federal demitirá 11 mil – Foto: Reprodução

A Caixa Econômica Federal estuda fechar 100 agências e demitir 11 mil funcionários com programa de aposentadoria incentivada.

Do Alerta Social:


21/11 – CAIXA estuda fechar 100 agências e demitir 11 mil

Seguindo o receituário golpista de precarizar para privatizar, a Caixa Econômica Federal se alinha com as medidas tomadas ontem (20) pelo Banco do Brasil e deve definir, nos próximos dias, um plano de “aumento de eficiência para 2017”, leia-se: plano para fechamento de 100 agências e um programa de aposentadoria incentivada que pode demitir cerca de 11 mil funcionários.

Um dos motivos alegados para o fechamento das agências é que elas não dão lucro. Mais uma vez erram ao confundir o papel do banco público, que tem por dever pensar e se mover de forma diferente em relação aos bancos privados. É somente com agências capilarizadas pelo país que é possível fazer chegar benefícios e investimentos sociais, que também impulsionam as economias locais, nos mais longínquos rincões.

Mas no caso da CAIXA, o receituário golpista avança um pouco mais, o atual presidente, Gilberto Occhi, pretende  abrir o capital de duas empresas: a Lotex e a Caixa Seguridade. A CAIXA é um banco 100% público, que existe há 155 anos e uma instituição que apoia o desenvolvimento social do país. Com essa medida, intermediada pelo BNDES, vamos perdendo pouco a pouco o patrimônio nacional e abrindo para especulação do mercado mais esse banco público.


2 Comentários

  • O Presidente da Caixa Econômica Federal fala em reduzir despesas. Se realmente quer reduzir custos começaria acabando o patrocínio de clubes de futebol e publicidade. O Presidente da Caixa deveria explicar aos seus funcionários, correntistas, poupadores e, em especial ao povo brasileiro essa recém-propaganda (milionária e desnecessária) de cartões da caixa.

  • Perdendo o patrimônio nacional? Esquece: os governos petistas já levaram tudo que queriam. Até o fundo de seguridade da CEF foi “limpado”. De qual patrimônio mesmo o artigo está escrevendo?

Deixe um Comentário!