Notícias

Moro não quer ser comparado a Savonarola

Moro não quer ser comparado a Savonarola

Moro não quer ser comparado a Savonarola – Foto: Reprodução

O juiz responsável pela Lava Jato enviou carta a Folha repudiando o atido o professor emérito da Unicamp, Rogério Cerqueira Leite, que o comparou a Girolamo Savonarola.

Sempre esteve claro que a Lava Jato não admite críticas (entenda-se Sérgio Moro). A representação disso veio com a carta enviada por Moro – e publicada pela Folha na coluna do leitor – onde o juiz expõe a sua aversão às críticas.

Desmedido, Moro esbravejou até mesmo contra a Folha de S.Paulo por ser o professor Rogério Cerqueira Leite membro do conselho editorial do jornal.

E chamou o artigo de panfletário-partidário.

Leia na íntegra a nota:


Lamentável que um respeitado jornal como a Folha conceda espaço para a publicação de artigo como o “Desvendando Moro”, e mais ainda surpreendente que o autor do artigo seja membro do Conselho Editorial da publicação. Sem qualquer base empírica, o autor desfila estereótipos e rancor contra os trabalhos judiciais na assim denominada Operação Lava Jato, realizando equiparações inapropriadas com fanático religioso e chegando a sugerir atos de violência contra o ora magistrado. A essa altura, salvo por cegueira ideológica, parece claro que o objeto dos processos em curso consiste em crimes de corrupção e não de opinião. Embora críticas a qualquer autoridade pública sejam bem-vindas e ainda que seja importante manter um ambiente pluralista, a publicação de opiniões panfletárias-partidárias e que veiculam somente preconceito e rancor, sem qualquer base factual, deveriam ser evitadas, ainda mais por jornais com a tradição e a história da Folha.

Sérgio Moro, juiz federal (Curitiba, PR)


1 Comentário

Deixe um Comentário!