Notícias

Cunha já tinha as malas preparadas para a prisão

Cunha já tinha as malas preparadas para a prisão

Cunha já tinha as malas preparadas para a prisão – Foto: Câmara dos Deputados

De acordo com Lauro Jardim, a Polícia Federal já havia procurado Eduardo Cunha em sua casa no Rio; entretanto, ele foi encontrado em seu apartamento funcional, em Brasília.

Da coluna de Lauro Jardim:


Antes de prendê-lo em Brasília, a Polícia Federal tentou prender Eduardo Cunha em sua casa, na Barra da Tijuca, no Rio, hoje de manhã. Apenas após não o encontrar, os agentes da PF foram ao apartamento funcional que ele ainda ocupava na Asa Sul, em Brasília. Cunha já tinha uma mala preparada para uma eventual prisão.


O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso nesta quarta-feira (19), em Brasília. A previsão da Polícia Federal (PF) é a de que Cunha chegue a Curitiba no fim desta tarde. A prisão dele é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), Eduardo Cunha em liberdade, representa risco à instrução do processo e à ordem pública. Além disso, os procuradores argumentaram que “há possibilidade concreta de fuga em virtude da disponibilidade de recursos ocultos no exterior” e da dupla nacionalidade.

Para embasar o pedido de prisão do ex-presidente da Câmara, a força-tarefa da Operação Lava Jato listou atitudes, que conforme os procuradores, foram adotadas por Cunha para atrapalhar as investigações.

Entre elas, a convocação pela CPI da Petrobras da advogada Beatriz Catta Preta, que atuou como defensora do lobista e colaborador da Lava Jato Julio Camargo, responsável pelo depoimento que acusou Cunha de ter recebido propina da Petrobras.

Deixe um Comentário!