Blog do Mailson Ramos

A eterna luta dos professores

A eterna luta dos professores

A eterna luta dos professores – Foto: NP

Presto homenagem hoje a todos os meus professores. A todos os professores. Homens e mulheres que oferecem aos alunos a luz do conhecimento.

PEC 241, Escola Sem Partido, reforma do Ensino Médio, repressão aos estudantes secundaristas, desrespeito aos preceitos pedagógicos e sociais de Paulo Freire, salários incompatíveis, falta de reconhecimento: o professor enfrenta hoje mais desafios do que se possa imaginar.

Os professores que encontrei no caminho seguiam a diversas ideologias e nenhum deles foi o responsável pelas escolhas ideológicas que fiz. Jamais fui sublevado por teorias, abordagens monocráticas, convencimento. A ideia de Justiça social que trago em mim foi resultado das mazelas que vi e continuo a ver. Mas quando um professor te faz olhar para representações sociais tais como elas jamais foram vistas, o resultado é um crescimento conceitual.

As amarras que prendem o Brasil a um passado conservador e atrasado são as mesmas que detêm a educação, são as mesmas que propõem um congelamento de 20 anos, aquelas que impõem aos estudantes mais pobres a impossibilidade de acessar às vagas no Ensino Superior. E nesta luta, não apenas os alunos devem estar imbuídos no combate ao sucateamento da educação. A cada ano, quando se repete esta data, um desafio a vencer. Hoje ele é muito mais urgente!

A eterna luta dos professores é contra a minimização da educação, contra o avanço de uma escola que não nos deixe pensar, de uma escola feita para robotizar, quando não alienar. Somos contra uma escola onde as diferenças de cor, raça, religião e sexualidade sejam rechaçadas autoritariamente.

Professores de verdade não se apegam a definições. O que interessa é transmitir o conhecimento com uma inevitável carga de sentimento, de respeito e reciprocidade. Fortalecer a criação num horizonte de visões, mundos e perspectivas. Os professores não querem mais do que isso a merecida contrapartida do Estado.

 Saúdo a todos os meus professores e professoras pela satisfação de tê-los encontrado no caminho e marcado com ideias indeléveis a personalidade que hoje possuo.

Deixe um Comentário!