Notícias

Polícia Federal desmoraliza ministro da Justiça

Polícia Federal desmoraliza ministro da Justiça

Polícia Federal desmoraliza ministro da Justiça – Foto: Reprodução

A Polícia Federal emitiu nota afirmando que adotou o mesmo cuidado com as informações para que somente os responsáveis pela 32ª fase da Operação Lava Jato soubessem do conteúdo.

Isso significa que a PF desmoralizou o ministro Alexandre de Moraes.

Entretanto, como Moraes soube do conteúdo da operação de hoje?

Pois foi em Ribeirão Preto, terra de Palocci, que ele, sem que nenhum jornalista tivesse questionado, antecipou que nesta semana haveria nova fase da Lava Jato.

Vamos ver quem vence esta queda de braço.

Leia na íntegra nota da Polícia Federal:


Em relação à 35ª fase da Operação Lava Jato, a Polícia Federal esclarece que adotou o mesmo padrão de compartimentação e cuidado com a informação que caracterizaram as quase 500 operações deflagradas este ano.

Somente as pessoas diretamente responsáveis pela investigação possuem conhecimento de seu conteúdo.

Da mesma forma, as datas de desencadeamento das operações especiais de polícia judiciária são acompanhadas apenas pelos responsáveis pela coordenação operacional.

Como já foi amplamente demonstrado em ocasiões anteriores, o Ministério da Justiça não é avisado com antecedência sobre operações especiais. No entanto, é sugerido ao seu titular que não se ausente de Brasília nos casos que possam demandar sua atuação, não sendo informado a ele os detalhes da operação.

A Polícia Federal, instituição do Estado brasileiro, reafirma sua atuação de acordo com o Estado Democrático de Direito.


4 Comentários

Deixe um Comentário!