Notícias

Marta: “Eu nunca me coloquei como alguém de esquerda”

Marta: “Eu nunca me coloquei como alguém de esquerda”

Marta: “Eu nunca me coloquei como alguém de esquerda” – Foto: Reprodução

A candidata a prefeita de São Paulo, Marta, afirmou em entrevista a Folha de S.Paulo que nunca se colocou como alguém de esquerda.

Na Folha:


‘Eu nunca me coloquei como alguém de esquerda’, diz Marta Suplicy

(…)

A sra. hoje se classificaria como sendo de esquerda?

Olha, eu nunca nem me coloquei assim, né? Eu acho que neste mundo hoje depende do que você chama de esquerda. Tem valores tão, tão retrógrados que são chamados de esquerda que eu não me identifico em absoluto. Eu tenho valores que eu diria que são cada vez mais de inclusão das pessoas, de respeito à cidadania.

(…)

Doria diz que seu jeito de governar é petista.

A minha imagem não está mais associada ao PT. O próprio povo já sabe disso. Agora, essa história de dizer que não é político é extremamente equivocada. Haja vista Pitta, que era um grande gestor, Dilma, que se achava uma grande gestora, o próprio Haddad, que se acha gestor. A vocação para ser empresário é uma vocação que visa o lucro. Nada contra. Mas ter a preocupação de gerar lucro significa cortar, significa diminuir determinados tipos de investimento, que ele até já explicitou. Ele [Doria] junta pessoas para fazerem negócios, geralmente com patrocínio, e patrocínio estatal -patrocínio do PT, bastante, R$ 2 milhões-, patrocínio do Estado -R$ 1 milhão para a revista “Caviar”. Então, ele faz essas junções, né? Isso é lobby, né? Que existe, não é ilegal. Mas a prefeitura é muito mais que isso.

(…)


Em tempo: Depois se perguntam os especialistas de onde vem a degenerescência do PT. Vem daí. Vem de políticos que estão no partido por causa de votos e não pelos seus ideais.

2 Comentários

Deixe um Comentário!