Blog do Mailson Ramos

“Fora, ladrão” é peça publicitária contra quem?

“Fora, ladrão” é peça publicitária contra quem?

“Fora, ladrão” é peça publicitária contra quem? – Foto: Beto Barata/PR

“Fora, ladrão” é a nova peça publicitária do PMDB para contrapor o “Fora Temer”. Ideia original parte de Elsinho Mouco, publicitário do partido.

O publicitário do PMDB, Elsinho Mouco, resolveu criar uma um novo slogan para contrapor o “Fora Temer”. Estão chamando de “Fora, ladrão”, uma clara alusão aos escândalos de corrupção na era petista.

O publicitário do PMDB não deve lembrar-se de que o partido participou dos governos petistas e boa parte dos seus caciques está com os pescoços enterrados na corrupção.

Quem são os ladrões que devem largar o osso, como disse o Cid Gomes ao achacador Eduardo Cunha? Quem são os ladrões que no silêncio da noite estão tentando abafar a Lava Jato, com a anuência do STF?

Os ladrões estão desmontando o Estado brasileiro, tentando sucatear a Educação e o SUS; vender o pré-sal a preço de banana e entregar a Petrobras ao mercado.

Esta campanha publicitária cairá como uma pluma na boca daqueles que dizem besteiras tais como “a nossa bandeira jamais será vermelha” ou “sonegar impostos não é crime” ou ainda os que disseram “somos todos Cunha”.

A quem Michel Temer quer ludibriar com uma campanha publicitária que em vez de demonstrar alguma qualidade deste governo – se é que existe – quer rebater um movimento popular.

Não são 40, nem 18 os manifestantes contra o governo golpista.

E nem serão combatidos por uma peça publicitária ineficaz.

Porque os ladrões continuam a assaltar os cofres como a madame que foi vista comprando sapatos Prada a R$ 5 mil cada par.

3 Comentários

Deixe um Comentário!