Notícias

Procurador da Lava Jato admite participação no golpe

Procurador da Lava Jato admite participação no golpe

Procurador da Lava Jato admite participação no golpe – Imagem: Reprodução/ Folha de S.Paulo 24/08/16

Na Folha de São Paulo, o detalhe da insatisfação de um procurador da Lava Jato que teria admitido a participação no golpe contra Dilma Rousseff.

Saiu na Folha de 24 de agosto de 2016, para registro histórico de que houve um golpe parlamentar:

Marionete, não Um procurador da assim reagiu às críticas de Gilmar Mendes ao Ministério Público: “Éramos lindos até o impeachment se tornar irreversível. Agora que nos usaram para tirar quem queriam, desejam dizer chega”.


[color-box color=”white”]NP

 

 

“Éramos lindos até o impeachment se tornar irreversível. Agora que nos usaram para tirar quem queriam, desejam dizer chega”. Esta é a prova cabal de que lá no MPF os procuradores tem a certeza do movimento golpista para derrubar a presidenta Dilma.

O golpe, como diria Mailson Ramos, é um castelo de cartas. Desmoronando. Ele pode até ser irreversível, como afirmou este procurador. Mas não é indestrutível. Por isso a pressa de Temer e do Clube dos Corruptos em antecipar o processo de impeachment.

Janot versus Gilmar é só o começo da crise que se aproxima. Aproxima-se o momento em que nem o mais simples dos brasileiros suportará os efeitos desta crise institucional.  [/color-box]

2 Comentários

Deixe um Comentário!