Notícias

De como Paulo Pimenta espinafrou Sérgio Moro

De como Paulo Pimenta espinafrou Sérgio Moro

De como Paulo Pimenta espinafrou Sérgio Moro – Foto: Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), em Audiência Pública que discutiu as 10 medidas contra a corrupção, chamou a atenção para as arbitrariedades do juiz Sérgio Moro.

 

 

O deputado Paulo Pimenta, diante de Sérgio Moro na Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 4850, de 2016, que “estabelece medidas contra a corrupção e demais crimes contra o patrimônio público e combate o enriquecimento ilícito de agentes públicos”, listou algumas arbitrariedades cometidas pelo juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba.

Paulo Pimenta levantou questionamentos sobre a divulgação das conversas entre Dilma e Lula; também fez referência ao mandado de condução coercitiva expedido por Moro e que levou o ex-presidente a depor sob força policial.

“Imagine se um juiz de primeira instância nos Estados Unidos captasse de maneira ilegal uma conversa telefônica entre o Bill Clinton e o Obama e jogasse nas redes de televisão? Qual teria sido a atitude da Justiça? E por que a gente não chama também esses exemplos? Ou uma condução coercitiva de um ex-presidente da República para gerar manchetes, denunciadas inclusive por ministros do Supremo Tribunal Federal como excessivas e desnecessárias”.

O petista ainda chamou atenção ao fato de que delatores que roubaram por dezenas de anos a Petrobras estão vivendo em verdadeiros spas depois de terem entregado tudo em delações premiadas. Ele citou o caso de Sérgio Machado que como foi publicado aqui e aqui, vive numa mansão de 3.000 m², em plena orla de Fortaleza, no Ceará.

4 Comentários

  • É lamentável ver que os grandes corruptos do nosso país mais uma vez vão se safar. Os caras são delatados e nada acontece. Cadê as investigações?? Acorda Brasil!

  • Vanusa Martins, estes TRASTES, que você citou, não são investigados, porque eles fazem parte da MESMA QUADRILHA, que o juiz PALHAÇO, também faz parte, Paulo PIMENTA, no rabo do JUIZÉCO, ARDE, mas ele aguenta. A culpa disso acontecer é do STF: Somos Todos Frangas.

  • Tem sentido depreciar a delação premiada? Vamos perder a oportunidade de investigar os denunciados? Vejam o Jucá, Sarney, Renan e Aécio? Será que não tem nada de errado? Vamos investigar e descobrir ainda mais.

  • mas o togado de ego inflado …o herói midiatico e parcial…pode tudo….é um deus……só que não….o mundo está acompanhando as falcatruas do vivente togado

Deixe um Comentário!