Notícias

Em editorial, O Globo pede pressa no impeachment

Em editorial, O Globo pede pressa no impeachment

Em editorial, O Globo pede pressa no impeachment – Foto: Reuters

O Globo alimenta a pressa pelo impeachment; para o jornal dos Marinho, os defensores de Dilma manobram desesperadamente para garantir tempo.

No Globo:


Apressar impeachment não fere direito de defesa

(…)

O que existe é uma estratégia de PT e aliados, a nova oposição, de, por meio de chicanas parlamentares, tentar alongar ao máximo a tramitação do processo. Por exemplo, com pedidos descabidos para se ouvir testemunhas já citadas na defesa feita na comissão do impeachment por Cardozo.

As manobras, desesperadas, são para ganhar tempo, à espera de algo que prejudique o governo. Como uma citação de Temer em alguma delação na Lava-Jato e/ou uma vingança de Eduardo Cunha, por se sentir talvez abandonado pelo presidente interino, na contagem regressiva para a cassação.

Ora, enquanto isso, o sopro de otimismo com o afastamento de Dilma, expresso em alguns índices econômicos, tende a se esvair, à medida que o governo interino, sem resistir a pressões políticas e de corporações, cede no ajuste fiscal, o que degrada as expectativas e ameaça colocar o país de volta à estaca zero do final da gestão Dilma.

Não importa se virão ou não denúncias que comprometam Temer. Não se pode é barrar o processo de impedimento de Dilma em nome disso. Apressar-se o desfecho do impeachment é o melhor para o país.


[color-box color=”white”]NP

 

 

Notem os amigos navegantes que a grande mídia é a boca do governo golpista; Temer não precisa dizer nada. Por ele falam os editoriais de Folha, Estadão e O Globo. A pressa, segundo o jornal, não fere o direito de defesa de Dilma; seria apenas “manobras desesperadas para ganhar tempo”.

Para O Globo Dilma deve ser afastada definitivamente o mais rápido possível para que se mantenha o “sopro de otimismo” adquirido com a posse de Temer. É preciso questionar aos jornalistas de O Globo que otimismo é este. Que otimismo é este diante do aumento de 0,4% no número de desocupados, em julho, segundo o IBGE?

A pressa, caríssimos, é para dar vez e voz aos golpistas e acabar com a interinidade de quem jamais mereceu ser sequer um vice decorativo. [/color-box]

1 Comentário

Deixe um Comentário!