Notícias

A esquerda e o populismo na frente

A esquerda e o populismo na frente

A esquerda e o populismo na frente – Foto: Paulo Pinto/ Agência PT

Candidatos de esquerda ou populistas lideram as intenções de votos; direitistas e conservadores não têm a preferência do eleitorado.

Saiu no JB:


Pesquisas mostram que candidatos populistas e de esquerda estão na frente

As últimas pesquisas de intenção de voto nas eleições municipais mostram que os candidatos que estão à frente representam um perfil populista ou de esquerda.

Apesar de toda a crise que enfrenta o ex-presidente Lula, principal político do país que representa a esquerda, os candidatos que se alinham ao conservadorismo ou à direita não estão tomando a frente na preferência dos eleitores.

No Rio, de acordo com o Datafolha, Marcelo Crivella (PRB) aparece com 28%, e Marcelo Freixo (PSOL) tem 11%. Eles somam 39% das intenções de voto. Levando em consideração o percentual de Jandira Feghali (7%), tecnicamente empatada com Flávio Bolsonaro (9%), chega-se a 46%.  Pedro Paulo (PMDB) tem 5%; Indio da Costa (PSD), 4%; Osorio (PSDB), 3%; Alessandro Molon (REDE), 2%; e Cyro Garcia (PSTU), 1%.

Em São Paulo, a tendência se repete, segundo Datafolha: Celso Russomanno (PRB) tem 31%. Marta Suplicy (PMDB) está em segundo, com 16%. Somando as intenções de voto de Russomanno com as de Luiza Erundina (PSOL)  – 10% – e Fernando Haddad (PT) – 8% -, chega-se a 49% da preferência dos eleitores. Na sequência aparecem João Dória (PSDB), com 5%; Levy Fidelix (PRTB), com 2%; e Major Olímpio (SD), com 2%.

No Recife, segundo o Datafolha, João Paulo (PT) soma 32%, seguido de Geraldo Julio (PSB), com 28%. Eles se distanciam dos demais: Daniel Coelho (PSDB), com 10%; Priscila Krause (DEM), com 6%; Edilson Silva (PSOL), com 3%; e Carlos Augusto (PV), com 1%.

Já em Belo Horizonte, o cenário muda também segundo o Datafolha. O candidato do PSDB, João Leite, lidera com 26%. Kalil (PHS), tem 14%. Na sequência aparecem Eros Biondini (PROS), com 6%; Luis Tibe (PT do B) e Vanessa Portugal (PSTU), com 4% cada; Sargento Rodrigues (PDT), Délio Malheiros (PSD) e Marcelo Álvaro Antônio (PR), com 3% cada; e Reginaldo Lopes (PT) e Maria da Consolação (PSOL), com 2% cada.


1 Comentário

Deixe um Comentário!