Blog do Mailson Ramos

Dilma e os algozes imorais

Dilma e os algozes imorais

Dilma e os algozes imorais – Foto: Reprodução

A jovem Dilma Rousseff foi levada à Justiça Militar em novembro de 1970. Depois de dez meses de prisão e 22 dias de tortura, ela está diante dos imorais algozes militares. 

Os militares que esconderam os rostos diante de Dilma não são diferentes dos juízes acusadores que hoje farão questionamentos a ela no Senado. Diria até que eles são muito parecidos em sua imoralidade.

Não restam dúvidas de que a decisão de enfrentar os adversários no Senado foi mais uma atitude corajosa desta mulher que não foge à luta. Um covarde como Temer jamais o faria; é típico dos covardes fugirem de um enfrentamento.

Dilma vai olhar nos olhos de cada golpista que um dia esteve com ela sentado numa mesa de jantar; vai encarar cada moralista imoral que ousou levantar o dedo em riste contra ela, quando o peso da corrupção lhe achatava as costas.

Será positivo se expor ao Judas no Senado Federal.

Dilma e os algozes imorais

Dilma e os algozes imorais

O processo pode até ser irreversível, mas Dilma precisa mostrar que não tem medo dos golpistas e que a luta não acaba aqui. E mais uma vez não lutará apenas pelo seu mandato, mas pela democracia. A incapacidade do Brasileiro de se indignar com o governo golpista não pode ser para ele o sinal verde.

O triunfo de da presidenta no Senado será uma marca. O golpe terá as suas bases esquartejadas. Passe o tempo que passar, esta memória ancorará outros sonhos, outras utopias, outros desejos de restabelecimento da democracia.

A presidenta da República que vai ao Senado não é a mesma que por um bom tempo esteve enclausurada no Palácio do Planalto; esta Dilma tem o apoio de sua base social. Num primeiro momento pós-golpe, ela foi o roteiro das lutas. E denunciou o desmonte, a desfaçatez, a misoginia, a traição.

Peça rara desta engrenagem, Dilma deve dizer que é golpe, com todas as letras e doa a quem doer.

3 Comentários

  • Imorais ontem, imorais hoje! E alguns ainda permanecem ignorantes nos seus comentários até hoje pois não se dão ao trabalho de estudar, se informar e ficam repetindo idiotices ocas, sem fundamento!

  • Foi presa no regime militar por ser terrorista treinada em Cuba pra implantar uma ditadura no Brasil e agora é julgada pelo crime de responsabilidade. Ela jamais lutou pela democracia. Você acha mesmo que os grupos armados como Colina e Var-Palmares lutaram pela democracia. Lamento, mas isso é querer mudar a História.

Deixe um Comentário!