Blog do Mailson Ramos

O Clube dos Corruptos é a vergonha nacional

O Clube dos Corruptos é a vergonha nacional

O Clube dos Corruptos é a vergonha nacional – Foto: Beto Barata/PR

Corruptos de antigas castas, oligarcas, coronéis e conservadores desmesurados formam um clube que é a vergonha nacional: da Câmara ao Senado.

Durante um ano eles se reuniram para tramar o golpe contra Dilma. No final de Janeiro deste ano, José Serra antecipou: Dilma “não irá concluir seu mandato”. Estava tudo certo. Ninguém conseguiria conter o avanço golpista que se movimentava nas sombras. Foi nas sombras que ele nasceu.

Os artífices deste golpe são figuras marcadas nas pesquisas do Google quando o assunto é corrupção. Nada como a internet. Como disse Dilma, certa vez, as biografias deles não resistem a uma simples pesquisa.

No momento em que escrevo este artigo – diferentemente dos anteriores desta série “Golpe de 2016: Como nós o vimos” – a presidenta Dilma Rousseff já deixou o cargo definitivamente. O Senado Federal aprovou impeachment por 61 a 20. O país viverá a tragédia de ser comandado por um clube de corruptos chancelados pela Constituição e por uma fraude gritante.

O Clube dos Corruptos, que pretende fazer uma assepsia na política brasileira, vai sim desmoralizá-la ainda mais. Vai oferecer ao país uma privataria 2.0 digna dos tempos de FHC, mas tão feroz quanto aquela. São os homens de bem que não resistem a uma propina.

No desassossego de mais um golpe a sociedade brasileira vai perecer. Temer não tem compromisso com um povo que não o elegeu, não tem um programa democrático e sabe muito bem a que senhores servir.

Corre-se o risco de que num futuro muito próximo os mesmos algozes de Dilma sejam os algozes de Temer, pois ali ele é somente um boneco de ventríloquo nas mãos do mercado e as forças conservadoras que o alçaram ao poder; poderia ter sido o Serra, o Caiado, o Cunha. Mas a oportunidade estava nas mãos do vice-presidente da República. Trair: ele não pensou duas vezes.

Este clube ainda vai fazer muito mal ao país e muitas manchetes negativas serão veiculadas com alguns de seus nomes. Também com o apoio da mídia conseguirão se safar do julgamento da opinião pública. Mas uma coisa é certa: todos pagarão pela fraude! Os acordos escusos que fizeram em troca de voto um dia serão desvendados. E aí será o dia do verdadeiro julgamento. Quando consciências não valerão o solado do sapato de Dilma Rousseff.

2 Comentários

Deixe um Comentário!