Nossa Política

Romário indica novo diretor de Furnas

Romário indica novo diretor de Furnas
Romário indica novo diretor de Furnas – Foto: Agência Senado
O senador Romário indicou novo diretor para Furnas. É a velha política. Estará ele trocando esta nomeação por um ato contra Dilma e a favor de Temer no impeachment?

Saiu no Globo:

Romário cortou pela esquerda, driblou pela direita e conseguiu o que queria: nomeou na semana passada o novo diretor de administração de Furnas.


[color-box color=”white”]NP

 

 

Não faz muito tempo, este mesmo governo interino anunciou a Lei de Responsabilidade das Estatais estabelecendo novos critérios para nomeação a altos cargos em empresas. Mas para comprar votos de senadores e manter a promiscuidade do toma lá dá cá, vale tudo. Como fez com os deputados antes do fatídico 17 de abril, Temer promete tudo aos senadores que se dizem indecisos. Para angariar votos favoráveis ao impeachment. E se manter no poder.

Temer não faz diferente da abominável política de concessões. Entrega o ouro em nome do desmonte que já pesa sobre sua caneta. Para isso negocia freneticamente com os senadores, enquanto posa de bom presidente nas páginas da velha imprensa.

Romário, por sua vez, entra no jogo da política promíscua: indica, barganha, se estabelece de vez no seio do golpe. E tinha gente acreditando que ele votaria a favor da presidenta Dilma neste pleito decisivo do impeachment. Não. A propósito, diria ele, numa intervenção na Comissão, antes da primeira votação no senado, que ao ouvir alguns senadores mais experientes, estava certo de que Dilma havia cometido crime com as tais pedaladas. E hoje, Romário, o que há contra Dilma que o faz votar por seu definitivo afastamento? Não há nada. Há apenas o conluio de forças políticas ávidas por poder, para defender os seus interesses. Ávidas por destruir o país. [/color-box]

2 comentários