Notícias

Moro nos EUA: Somos imparciais!

Moro nos EUA: Somos imparciais!

Moro nos EUA: Somos imparciais! – Foto: Ligia Hougland/RFI

O juiz Sérgio Moro foi aos Estados Unidos palestrar sobre a corrupção no Brasil. Ele afirmou que a Lava Jato é imparcial e se um político comete crime, deve ser julgado, seja de esquerda, direita ou centro.

É que os americanos podem não conhecer a expressão “não vem ao caso”.

Do G1:


Governo deve ir além de apoio verbal contra a corrupção, diz Moro nos EUA

(…)

“Alguns críticos reclamaram que a Lava Jato não é imparcial e tem fins políticos. Isso não está certo. Claro que, se o crime envolve propinas pagas a políticos, o caso inevitavelmente terá consequências políticas. Mas isso foge ao controle do tribunal”, disse.

Em vários momentos, Moro disse que se um político comete um crime ele deve ser julgado, não importando se é de direita, de esquerda ou de centro.

Moro também afirmou que a Lava Jato não criminaliza a política. “A culpa não deve recair sobre o processo judicial, mas sobre os políticos que cometeram crimes. O processo judicial é apenas uma consequência.”

Questionado pela plateia sobre quanto tempo deve durar a operação, ele disse que não tem como dizer ao certo, mas acredita que até o fim do ano sua parte esteja finalizada, mas que a parte que envolve o julgamento de políticos com foro privilegiado deve demorar mais, por causa da sobrecarga da Suprema Corte.

“Não consigo dizer com certeza porque é um caso em andamento e às vezes novas evidências aparecem. Um dia eu disse que poderia terminar no fim do ano, e a maioria das empresas que pagaram propinas já foram ouvidas, acusadas e julgadas”, respondeu. “Minha parte deve ser no fim do ano, mas não posso dizer com certeza”, afirmou.


[color-box color=”white”]NP

 

 

Moro afirmou que se um político comete crime, deve ser julgado, seja de esquerda, direita ou centro. Não é verdade. O foco sobre a esquerda e sobre o PT extrapolou todos os fundamentos jurídicos da Lava Jato. E o “não vem ao caso” quando alguns delatores pretendiam entregar tucanos? E os grampos ilegais sobre Lula e Dilma? Quantos tesoureiros de partidos estiveram envolvidos em esquemas de corrupção? E quantos deles estão presos? Imparcial e não político… É uma piada! [/color-box]

3 Comentários

  • Todo ladrão deve estar na cadeia. Principalmente se for político pois, o político é pago pelo povo para protegê-lo e não roubá-lo! Não tem político-ladrão melhor ou pior! Todos devem ser execrados e presos, independente do partido a que pertençam. Não há partido melhor ou pior! Em questões partidárias recentes o que desapontou alguns eleitores foi o PT se autoproclamar como diferente e melhor que os outros partidos. Na prática foi mais do mesmo!!!

Deixe um Comentário!