Notícias

Kátia Abreu denuncia a hipocrisia no Senado

Kátia Abreu solta o verbo contra a hipocrisia no Senado

Kátia Abreu solta o verbo contra a hipocrisia no Senado – Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Uma das mais ferrenhas vozes em defesa da presidenta Dilma Rousseff na CEI do Senado, Kátia Abreu ontem soltou o verbo e chamou a corrupção de ‘lambança’.

A ex-ministra da Agricultura do governo Dilma não poupou críticas aos senadores que, segundo ela, se fartaram à mesa com a presidenta e agora querem a sua cabeça.

Em intervenção na Comissão Especial do Impeachment, a senadora Kátia Abreu chamou Eduardo Cunha de escroque e disse que mesmo com Joaquim Levy, um dos mais renomados economistas do país, “a coisa não deu conta” de enfrentar manobras do presidente hoje afastado da Câmara.

Para a senadora, os colegas já estão com as “cabeças formadas” em relação ao impeachment, o que chamou de “lambança”.

“Não ouvi ninguém dizer da corrupção que está eivada no governo da Dilma foi ela sozinha, ou foram todos os partidos que mamaram, sugaram este governo durante cinco anos e agora estão do outro lado da mesa pedindo o impeachment da própria. Foi ela sozinha que destruiu a Petrobras? Ou foram todos os partidos?”

Kátia Abreu encerrou seu discurso dizendo: “A presidenta Dilma, eu quero dizer a todos os brasileiros, não é uma pessoa corrupta, é uma pessoa correta. E se nós fôssemos colocar agora nesta mesa, neste auditório todos que estão sendo investigados pela lambança de todos os partidos, mas estão todos aqui caladinhos, escondendo a sujeira para debaixo do tapete.”

1 Comentário

  • Está Senhora, sem sombra de dúvidas, foi a política que deu voz ao produtor Rural!
    Grande lutadora e defensora da classe!

Deixe um Comentário!