Notícias

Feliciano: LGBT se promovem com tragédia em Orlando

Feliciano: LGBT se promovem com tragédia em Orlando

Feliciano: LGBT se promovem com tragédia em Orlando – Foto: Alex Ferreira/ Câmara dos Deputados

No Twitter, o deputado acusou os grupos LGBT de se promoverem com a tragédia de Orlando; e afirmou que a esquerda de apoiar terroristas.

Saiu no Estadão:


Marco Feliciano diz que grupos LGBT usam atentado em Orlando para se promover

Após o atentado a uma boate LGBT em Orlando, EUA, que deixou 50 mortos e 53 feridos na madrugada de domingo, 12, o deputado federal Marco Feliciano (PSC/SP) fez uma série de declarações polêmicas em seu perfil do Twitter. Na rede social, ele disse achar “triste a tentativa de grupos LGBTT de usar esta tragédia para se promover, como se a razão deste ataque fosse apenas homofobia”.

Feliciano, que também é pastor de uma igreja neopentecostal ligada à Assembleia de Deus, é conhecido por se envolver em polêmicas com grupos LGBT. Um dos principais exemplos talvez seja o projeto da “cura gay”, de 2013, em que propôs um tratamento com o objetivo de curar a homossexualidade.

Na madrugada de domingo, 12, o americano e filho de afegãos Omar Mateen, 29 anos, abriu fogo em uma casa noturna gay de Orlando. A polícia investiga o caso como terrorismo e o FBI busca elo do autor do atentado com grupos islâmicos.

Feliciano: LGBT se promovem com tragédia em Orlando

Foto: Reprodução/Twitter


2 Comentários

  • Não defendendo o Feliciano, não cabe a mim, mas deve ser visto o quadro todo, o debutado do PSOL Jean Wllys, que disse que: o crime foi motivado por discurso de ódio de cunho religioso, tal como o discurso de evangélicos no Brasil. Ora se Feliciano não foi feliz nos comentários, menos ainda foi O debutado Jean Willys, mas não houve aqui nenhuma menção a este.

  • Um cidadão frio e insensível, em meio a este momento triste com a confirmação de um grande número de mortos, ainda há insistência em assumir que o ocorrido foi sim crime de ódio contra gays.

Deixe um Comentário!