Notícias

Lula diz que pode ser candidato em 2018

Lula diz que pode ser candidato em 2018

Lula diz que pode ser candidato em 2018 – Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu que pode ser candidato a presidência da República em 2018 para evitar a destruição das políticas de inclusão.

Saiu na Folha:


Lula diz que pode ser candidato em 2018 para preservar programas sociais

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu a possibilidade de ser candidato à sucessão presidencial em 2018 para “evitar a destruição das políticas de inclusão social”.

Em entrevista à televisão venezuelana Telesur, o petista ponderou, contudo, que não gostaria de se ver candidato e que trabalha para construir a candidatura de uma pessoa mais nova que ele, que tem 70 anos.

“Eu trabalho com a ideia de que possamos construir a possibilidade de uma outra candidatura, de ter uma pessoa mais nova que não foi presidente. Eu já fui presidente, não preciso ser presidente outra vez”, disse. “A única possibilidade que tem de eu voltar é evitar a destruição das políticas de inclusão social que nós fizemos neste país”, acrescentou.

O petista acusou na entrevista Michel Temer de atuar como se fosse presidente definitivo e disse que o governo interino “virará as costas para a América do Sul” e não quer “enxergar os BRICs”.

“Ele começa a agir como se já tivesse sido votado o impeachment e ele não foi votado ainda. O novo governo já está mudando tudo como se ele já estivesse definitivamente no posto”, criticou.

Segundo Lula, o discurso feito pelo ministro José Serra (Relações Exteriores) em sua cerimônia de posse é o da “elite brasileira” e de quem “não gosta de pobre, de negro ou de tratar os do andar de baixo com igualdade de posição”.

“Eles estão colocando em prática o que sempre fizeram e acreditaram”, disse. “O Brasil está voltando àquela ideia que o Chico Buarque falou: o Brasil está voltando a falar fino com os Estados Unidos e grosso com a Bolívia”, acrescentou.

Ele também avaliou como um “equívoco” o governo interino ter revogado a contratação de até 11.250 moradias do Minha Casa, Minha Vida, medida realizada no apagar das luzes da gestão Dilma Rousseff.

“Foi um equívoco histórico e eles pagarão o preço”, disse.

(…)


5 Comentários

  • Se ganhar, espera-se que coiba a concentração dos meios de comunicação, acabe com o subsidio a imprensa golpista, o ativismo judicial do supremo e do MP, inclusive com o impeachment de Gilmar, baixe a SELIC para patamares civilizados, acabe com os privilégios do serviço público em todas as esferas e escolha ministros melhores para o STF.

    Dificil, hein?

  • Só mesmo na televisão do Maduro(Venezuela) que o ex-presidente se entusiasma com sua falácia (abrobrinhas), então diz que diz… vai candidatar em 2018 para dar continuidade à distribuição dos recursos do Bnds em obras para os países amigos…Ah… o Brasil já está pronto… não precisa de estradas, portos, metros, hidroelétricas, aeroportos…Mas acha que não vai candidatar pois está com 70… Justificado. O ex-presid. esqueceu que em 2018 poderá ser um ficha suja…

  • Como vai fazer casas sem dinheiro só vcs que não vêm Dilma quebrou o Brasil e Lula vai ser candidato é conversa. Quase todas as estatais estão falidas vamos ser realistas Dilma quebrou o Brasil Vcs podem pensar é da direita não agora exergo as coisas.

Deixe um Comentário!