Notícias

Encontrado grampo em gabinete de ministro do STF

Encontrado grampo em gabinete de ministro do STF

Encontrado grampo em gabinete de ministro do STF – Foto: Sérgio Lima/Folhapress

Escuta foi encontrada no dia 11 de abril por seguranças. Aparelho estava desativado e não há informações de quem o instalou. Ministro Barroso disse que o fato é gravíssimo.

Uma atmosfera de espionagem nasceu com o golpismo. Brasília nunca foi um campo tão minado.

Espionagem, chantagem, conchavo, negociações escusas: é uma guerra explícita.

Saiu no G1:


Barroso diz que colocar grampo em gabinete no STF é fato ‘gravíssimo’

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou considerar “gravíssimo” o fato de alguém ter instalado em seu gabinete uma escuta ambiental, dispositivo que grava áudio em determinado local. A existência do grampo, encontrado no último dia 11 de abril, foi confirmada nesta terça (17) pela assessoria do STF.

“Do ponto de vista institucional, é gravíssimo alguém ter a ousadia de colocar um grampo num gabinete do ministro do Supremo. É uma desfaçatez absoluta. Do ponto de vista pessoal, estou totalmente tranquilo e confortável. Aqui recebo em audiência e converso com meus assessores sobre os processos”, afirmou.

“A gravidade é alguém saber por antecipação o que eventualmente estou pensando em fazer num processo. Mas fora isso, aqui é um espaço totalmente republicano, de modo que não há risco de ter aparecido qualquer coisa errada”, completou em seguida.

O aparelho foi encontrado numa varredura de rotina por seguranças do STF e estava desativada. Não há informações sobre quem instalou o aparelho ou quando, nem se conversas do ministro ou de sua equipe foram interceptadas.

No início da tarde, a assessoria do STF informou que o caso não seria investigado. No início da noite, porém, afirmou que já está em curso uma “investigação preliminar”, sem participação de outros órgãos, como a Polícia Federal.

O gravador é menor que uma caixa de fósforo e estava acoplado numa caixa de telefone posicionada abaixo da mesa do ministro. Em conversa com jornalistas, Barroso disse não ver maiores riscos de ter ocorrido vazamento de informações em processos sigilosos ou delicados que tramitam na Corte, pois costuma preparar os votos em casa.

Servidores do gabinete não têm ideia de quando o aparelho foi colocado no local. Barroso passou a despachar no gabinete em junho de 2013, quando tomou posse na Corte. Na época, fez uma reforma grande no local.

Antes de Barroso, quem ocupava o gabinete era o ministro aposentado Joaquim Barbosa, relator do processo do mensalão. Ele deixou o local de trabalho em novembro de 2012, quando assumiu a presidência do STF, cujo gabinete se situa no prédio principal do STF.

Recentemente, entre os casos mais importantes da Corte, o ministro relatou ação que definiu o rito do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

(…)


 

1 Comentário

  • É quase certeza, que o aparelho foi instalado pelo BANDIDO DE TOGA GILMAR MENTES, a mando de seu chefe, EDUARDO LUCIFER CUNHA. O STF virou a CASA DA MÃE JOANA. está com tanta moral,quanto o MORDOMO DO DRACÚLA. Presidente que nomeou UMA QUADRILHA DE MINISTROS. para CAGAR NA CABEÇA DO POVO. Meus pêsames aos COXINHAS. Que tanto lutaram para isso acontecer.

Deixe um Comentário!