Notícias

Em menos de 24h, Gilmar devolve inquérito de Aécio a PGR

Em menos de 24h, Gilmar devolve inquérito de Aécio a PGR

Em menos de 24h, Gilmar devolve inquérito de Aécio a PGR – Foto: Reprodução

Pouco menos de 24 horas após o “sorteio” do STF que escolheu Gilmar Mendes como relator das investigações contra Aécio em Furnas, o dito ministro devolveu a ação para a PGR.

E você aí acreditando em combate à corrupção.

A foto acima é a mesma do post de ontem. Para que trocar, não é mesmo? A amizade é a mesma!

No JB:


Gilmar Mendes suspende investigação contra Aécio Neves

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quinta-feira (12) a suspensão das investigações contra o senador mineiro Aécio Neves (PSDB). A decisão veio menos de 24 horas da apresentação da defesa do senador. Aécio é suspeito de participação no esquema de desvio de dinheiro de Furnas.

A abertura de investigação foi pedida na semana passada pelo Ministério Público Federal (MPF). Gilmar quer que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, informe se a abertura de inquérito é realmente necessária. O pedido foi enviado de volta para Janot para reavaliação.

No despacho de suspensão da investigação, o ministro do Supremo acata os argumentos da defesa de Aécio Neves. Os advogados do senador sustentam que as suspeitas se baseiam apenas na delação do ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS). A defesa de Aécio afirma que o ministro Teori Zavascki já havia arquivado investigação baseada em declarações do doleiro Alberto Youssef contra o tucano.

Delcídio do Amaral, em acordo de delação premiada, denunciou que o tucano foi beneficiário de corrupção na estatal. O esquema teria sido coordenado por Dimas Toledo, aliado de Aécio, e ex-diretor de Engenharia da Furnas. Gilmar chegou a autorizar, a pedido do procurador-geral da República, o desarquivamento da citação feita por Youssef. Youssef afirmou, também em delação, que Aécio se beneficiou de propinas pagas pela empresa Bauruense, que prestava serviços a Furnas. A irmã de Aécio, Andrea Neves, intermediava o suposto pagamento.


6 Comentários

  • este supremo é uma vergonha só,se o cara não tivesse sujo ogilmar mendes certamente aprovaria,mais com isso ele vai contra o povo,ja falei muito sobre este assunto,tudo que cai nas mãos do stf vai pra caveta,principalmente nas mãos deste incopetente que aí esta,só mesmo uma bomba para limpar este lugarzinho e quem sabe ua em cima do congresso nacional tambem,

  • O MP investigou; denuncias há anos na PGR; as investigações devem incluir o Senador Perrela e outros amigos do Sr. Aécio; O Sr. Janot é conterrâneo do investigado/denunciado; o Sr. Mendes estará envolvido?; o Sr. Janot estará envolvido?; estão sendo ameaçados pelo Sr. Aécio?; o narcotráfico está presente neste embrólio?

  • como todos já sabem não é do PT …não vem ao caso…pode roubar, corromper, dirigier sem carteira de habilitação e bêbado….nada acontece

  • Temos que começar uma campanha análoga `a Fora Cunha: Fora Gilmar! Mesmo que seja vitalício, devemos desgastar ainda mais a sua já péssima imagem. Afinal, é pago com dinheiro público, que sai dos nossos bolsos!

Deixe um Comentário!